Tradutor

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

11 de jan de 2011

Estudo sobre o livro de Romanos - Parte II



1  PAULO, servo de Jesus Cristo, chamado para apóstolo, separado para o evangelho de Deus. 2  O qual antes prometeu pelos seus profetas nas santas escrituras, 3  Acerca de seu Filho, que nasceu da descendência de Davi segundo a carne, 4  Declarado Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santificação, pela ressurreição dos mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor,

Nós vimos a partir do versículo 1 que Paulo é um servo de Cristo Jesus, isto é, ele foi comprado e é propriedade e é governado por Cristo. Ele vive para agradar a Cristo. 

Devemos notar em Romanos 15:18 que Paulo depende de Cristo para tudo. "Eu não vou a presunção de falar de qualquer coisa exceto o que Cristo realizou por meu intermédio, resultando na obediência dos gentios, por palavra e ação." Em outras palavras, Paulo serve Cristo no poder com o qual Cristo serve Paulo. "O Filho do Homem veio não para ser servido mas servir " (Marcos 10:45; ver também 1 Coríntios 15:10; 1 Pedro 4:11). Vamos distorcer todo o significado de Romanos, desde o início se nós não vemos que Paulo serve a Cristo no poder que Cristo supre a Paulo. Assim Cristo recebe a glória do serviço de Paulo (cf. 1 Pedro 4:11). 

Cristo chamou Paulo na estrada em Damasco e o chamou para ser seu representante oficial na fundação da igreja. Então nós vimos que o Deus soberano, planejou a separação de Paulo para o evangelho. Deus é tão zeloso da revelação de seu evangelho que ele não deixa nada ao acaso. Agora, vamos olhar para este termo, "o evangelho de Deus" (1:1) e como Paulo explica nos versículos 2-4. 

"...O qual antes prometeu pelos seus profetas nas santas escrituras..." 

A primeira coisa que Paulo diz sobre o evangelho está exatamente em linha com o que acabamos de ver: que Deus é zeloso para mostrar que o evangelho foi planejado muito antes de acontecer. 

Considere estas três coisas a partir do versículo 2. 
1) O evangelho de Deus é o cumprimento das promessas do Antigo Testamento. 
Não é uma nova religião. É o cumprimento de uma antiga religião. O Deus do Antigo testamento é o Deus do Novo Testamento. O que ele preparou e prometeu, então, ele cumpriu com a vinda de Jesus. 

2) Deus cumpre suas promessas. 
Centenas de anos se passam. Os judeus se perguntam se o Messias virá. Eles passam por sofrimentos atrozes. Então, Deus age e a promessa é cumprida. Isto significa de que Deus pode ser confiável. Pode parecer que ele tivesse se esquecido das suas promessas. Mas ele não esquece. Então, o versículo 2 não é apenas um declaração sobre o conteúdo do evangelho, mas também é uma razão para acreditar. Se podemos ver que Deus prometeu, em muitos detalhes, séculos antes que Cristo viria,  e ele cumpre essas promessas, a nossa fé é reforçada. 

3) As escritura são sagradas e inspiradas, por isso devemos reverenciar e deve acreditar. 
Observe as implicações extremamente importantes do versículo dois em nossa doutrina das Escrituras. Em primeiro lugar, é Deus, e não são os profetas por si mesmos, mas sim Deus "através de" quem (nota bem: não por quem, mas "através de" quem, o próprio Deus ainda o orador), ele fala a sua promessa.

Por que as escrituras são sagradas? Porque é Deus quem fala nelas. Leia o versículo com cuidado: “... [Deus] O qual antes prometeu pelos seus profetas nas santas escrituras...” Deus prometeu nas Escrituras. Deus está falando nas Escrituras. Isso é o que os torna santos. Este é o entendimento de Paulo.

E para que não perca a relevância imediata lembre-se de três coisas: (1), Paul se vê em (1:1) como um apóstolo de Jesus Cristo, podendo falar e escrever com autoridade em nome de Cristo como um dos fundadores da igreja - (Efésios 2:20). (2) Paulo disse em 1 Coríntios 2:13, "Nós falamos, não palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas em palavras ensinadas pelo Espírito." Em Por outras palavras, Paulo reivindica uma inspiração especial para seu ensino. (3) Em 2 Pedro 3:1, Pedro diz que algumas "pessoas distorcem escritos [Paulo], como eles fazem as outras Escrituras." Então Pedro coloca as cartas de Paulo na mesma categoria com as Sagradas Escrituras que estamos lendo por aqui. 

Acreditamos, portanto, que a carta de Paulo aos Romanos é a Palavra de Deus, e não apenas a palavra do homem. O evangelho foi prometido nos escritos sagrados inspirados por Deus, e o evangelho é desdobrado e preservado por nós em escritos sagrados inspirados por Deus. Isto é o que nós acreditamos, e isso faz uma diferença enorme na maneira que nós vemos a verdade, a doutrina, a pregação, a adoração e tudo o mais no mundo. 

Então a primeira coisa que Paulo diz sobre o evangelho de Deus é que ele foi planejado e previsto há muito tempo (1:2). É o evangelho "que ele prometeu previamente através de seus profetas nas Sagradas Escrituras" 

"...Quanto o Seu Filho..." 
A segunda coisa que ele diz sobre o evangelho de Deus (1:3) é que diz respeito ao seu Filho. "... O evangelho de Deus, que Ele prometeu de antemão através de seus profetas nas santas Escrituras, a respeito de Seu Filho. . ". O evangelho de Deus é sobre o Filho de Deus. Nós precisamos de ter duas coisas claras sobre o Filho de Deus, imediatamente, ou podemos nos perder. 

1) O Filho de Deus existia antes de Ele se tornar um ser humano. 
Olhe para Romanos 8:3: “Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne;” Deus enviou-o a tomar a forma humana. Assim, o Filho existiu como Filho de Deus antes de se tornar um homem. Isto significa que Cristo foi e é o Filho de Deus de uma forma totalmente original - não da mesma maneira que são filhos de Deus (Romanos 8:14, 19). 

2) Cristo é o próprio Deus. 
Em Romanos 9:5, referindo-se aos privilégios de Israel, diz Paulo, "... Dos quais são os pais, e dos quais [isto é, Israel] é Cristo segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente. Amém.". E em Colossenses 2:09 Paulo diz: "Em Cristo toda a plenitude da Divindade vive em forma corpórea." Então, quando Paulo diz que o evangelho de Deus diz respeito a seu filho, significa que ele tem a ver com o divino, o Filho pré-existente. O evangelho trata-se de Deus, penetrando os assuntos humanos de fora, na pessoa de seu Filho, que é a imagem perfeita do Pai, e ele próprio Deus. 

Assim, Paulo coloca um peso enorme sobre o Evangelho de Deus, dizendo, em primeiro lugar, que é prometido – planejado - por Deus muito antes de acontecer e, por outro, que diz respeito a seu Filho divino. O soberano Criador do Universo, planejou coisas boas para o mundo, e no centro deste plano está o seu Filho. 

"...Nasceu de um descendente de David segundo a carne..." 

Este versículo diz que duas coisas de uma só vez: 
1) O Filho de Deus se tornou homem. 
Ele nasceu. O trabalho que ele tinha que fazer - a missão que ele que cumprir - obrigou que ele assumisse a natureza humana, juntamente com sua natureza divina. Deus não escolheu um homem para fazê-lo seu filho, Ele escolheu transformar o seu filho eterno e unigênito em um homem. 

2) Ele nasceu na linha do rei David, no Velho Testamento. 
Por que isso é parte do evangelho de Deus? Por que isso é uma boa notícia? A resposta é que todas as promessas do Antigo Testamento dependiam da vinda do Messias - o Ungido - que governaria como rei na linha de David e venceria os inimigos do povo de Deus e traria a justiça e a paz para sempre. Ele seria o sim de todas as promessas de Deus. 

Considere algumas promessas do Antigo Testamento. Jeremias 23:5, “Eis que vêm dias, diz o SENHOR, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e, sendo rei, reinará e agirá sabiamente, e praticará o juízo e a justiça na terra." ou Isaías 11:10, “E acontecerá naquele dia que a raiz de Jessé, a qual estará posta por estandarte dos povos, será buscada pelos gentios; e o lugar do seu repouso será glorioso.” 

Assim, o evangelho de Deus é a boa notícia de que agora, após centenas de anos, Deus agiu para cumprir o seu plano e a promessa de que um rei viria na linhagem de David, e, como diz Isaías 9:6-7: "O governo estará sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da paz." 

Assim, o evangelho de Deus "é a boa notícia de que o tempo está cumprido e o reino de Deus está próximo” (Mc 1:14-15). A vinda do Filho de Deus ao mundo foi a vinda do "Filho de David," o Rei prometido. Ele reinaria sobre as nações e triunfaria sobre os inimigos de Deus e governaria com justiça e paz e, de acordo com Isaías 35:10, "E os resgatados do SENHOR voltarão; e virão a Sião com júbilo, e alegria eterna haverá sobre as suas cabeças; gozo e alegria alcançarão, e deles fugirá a tristeza e o gemido." Isso é o que torna o versículo 3 "evangelho de Deus", a vinda do Filho de Deus como o Filho de Davi, e isso significa alegria eterna na presença de Deus - para todos os resgatados do Senhor. 

"...Foi declarado o Filho de Deus com poder pela ressurreição dos mortos, de acordo com o espírito de santidade..." 

Mas há mais uma coisa que Paulo diz sobre o "evangelho de Deus". Não só foi planejado e prometido antes de acontecer, e é não somente a respeito de seu divino Filho pré-existente, e não é apenas a notícia de que esse Filho nasceu como o filho de Davi para cumprir o velho testamento mas, no versículo 4, Paulo diz algo que é devastador e ao mesmo tempo hilariante. Ele diz que foi "Declarado Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santificação, pela ressurreição dos mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor, " 

Por que digo que isso é devastador? A maioria do povo judeu esperava que o Messias viria com poder e influência política, para derrotar os governantes opressivos do mundo, os romanos, e estabelecer um reino terreno, em Jerusalém, e viver para sempre triunfante com seu povo. Mas o que Paulo diz no versículo 4 implica que entre versículos 3 e 4, o Filho de Davi morreu. Ele morreu! Aqueles que pensavam que ele era o Messias ficaram devastados. Messias não morrem. Eles vivem e conquistam o Estado. Eles não são presos e espancados e zombados e crucificados. Isso foi absolutamente devastador. (Lucas 24:21: "Mas nós esperávamos que fosse Ele quem iria redimir Israel "). 

Paul vai voltar para a morte de Cristo nos capítulos 3 e 5 e 8. Mas agora ele vai imediatamente para a nota de triunfo emocionante no evangelho de Deus. Esse Messias morto, Paulo diz no versículo 4, foi levantado dos mortos. Este é o cerne do evangelho de Deus. E Paulo diz duas coisas sobre essa ressurreição: 

1) Esta ressurreição dos mortos era "segundo o Espírito de santidade. " 
O que isso significa? Aproveito esta para dizer, pelo menos, duas coisas. 

a. Espírito Santo de Deus ressuscitou Jesus dos mortos. 
Eu levo a minha sugestão de Romanos 8:11, onde Paulo diz: "Se o Espírito daquele que Jesus ressuscitou dentre os mortos habita em vós, Ele que ressuscitou Cristo Jesus dos mortos também dará vida aos vossos corpos mortais, pelo seu Espírito, que habita em vós."

b. Mas por que Paulo utiliza esta expressão incomum, "Espírito de santidade" (Não encontrado em nenhum outro lugar no Novo Testamento)? 
Lidar com os mortos era um negócio sujo. Quando o Rei Saul queria comungar com os mortos, ele foi para a Bruxa de Endor (1 Samuel 28:7 ss), e era um negócio sigiloso e ilícito. Médiuns e adivinhos e feiticeiros eram uma abominação em Israel. Lidar com a morte tem sido um tipo de magia negra, não é um bonito, não é uma coisa limpa, santa. Mas nada. Falar de um homem morto que foi executado e que ressuscitou dentre os mortos deve ter soado para muitos ouvidos como algo absolutamente horrível e bruto e sujo e imundo, como bruxaria e magia negra.

Mas Paulo insiste no contrário: Cristo foi ressuscitado dos mortos de acordo com o Espírito de santidade, e não por um espírito maligno ou um espírito contaminado, mas pelo o Espírito de Deus. Ele é marcado, sobretudo pela santidade. Ele não foi contaminado em elevar Jesus dos mortos. Era certo e bom e limpo e bonito e que honra a Deus. Foi sagrado. 

2) Por isso com a ressurreição Cristo foi "declarado [ou, nomeado] o Filho de Deus com poder". 
A frase chave aqui é "com poder". A questão não é que Cristo não era o Filho de Deus antes da ressurreição. O ponto é que com a ressurreição, Cristo deixou de ser Filho de Deus em humildade e limitação humana e fraqueza,  e passou a ser o Filho de Deus com poder. A chave frase é "com poder". 

Isto é o que Jesus queria dizer, depois da ressurreição, quando ele disse, "Todos a autoridade me foi dada no céu e na terra "(Mateus 28:18). É isso que Paulo quis dizer em 1 Coríntios 15:25-26, quando disse do Ressuscitado Cristo, "Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés. Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte." Em outras palavras, Jesus é o rei messiânico. Ele está reinando agora sobre todo o mundo. Ele está colocando todos os seus inimigos debaixo dos seus pés. Chegará um dia em que virá o seu governo com a glória visível e estabelecerá o seu reino abertamente e gloriosamente sobre a terra.

Ele está governando agora. Ele está trabalhando através de seus propósitos, de seu Espírito e de sua igreja. E o dia virá quando Cristo derrotará todos os inimigos, e todo joelho se dobrará e confessará que ele é o Senhor da glória de Deus Pai (Filipenses 2:11). 

Isso será a consumação do evangelho de Deus. E nós dizemos, "Amém, vem Senhor Jesus".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

(I Pedro 5:8) (1) 1 Coríntios (3) 1 Pedro (1) 1Pedro (1) 2 Pedro (2) A (1) A palavra da Cruz é Loucura (3) A Parábola do Rico e Lázaro (1) a Semente e os Solos (1) A Volta de Jesus (4) A. W. Tozer (36) A.W Pink (2) Abandonado (1) Aborto (9) Adoração (18) Agostinho (1) Aids (1) Alegria (22) Aliança (1) Alívio (1) Almas (17) Amarás o Próximo (1) Amargura (1) Amém (3) Amizade (5) Amor (70) Anátema (1) Angústia (2) Animais (1) Anjos (3) Anorexia (1) Ansiedade (5) Anticristo (2) Antidepressivo (1) Antigo Testamento (1) Apocalipse (10) Apostasia (5) Apóstolo Paulo (4) Arca de noé (2) Arrebatamento (3) Arrependimento (22) Arrogância (1) Arthur W. Pink (5) As Igrejas de todos os Tipos e para todos os Gostos (1) Ateísmo (4) Ateus (5) Augustus Nicodemus (2) Autoridade (4) Avareza (1) Aviso (2) Avivamento (10) Batalha Espiritual (7) Batismo (4) Bebida Alcóolica (1) Benção (2) Bíblia (49) Boas Novas (1) Bullying (1) Cálice (2) Calvinismo (2) Campanhas no Facebook (1) Cansado (1) Caráter (4) Carnal (1) Carnaval (2) Carne (11) Carta de Deus e do Inferno (2) Carter Conlon (1) Casamento (32) Castigo (1) Catolicismo.Religiao (1) Céu (14) Chamados ao primeiro amor (5) Charles Haddon Spurgeon (274) Cigarro (1) Circo ou Igreja? (1) Cirurgia Plástica (1) Citações Redes Sociais (2) Clodoaldo Machado (1) Cobiça (1) Comunhão (4) Comunidade no Orkut (1) Conhecendo as Histórias da Bíblia (1) Conhecimento (2) Consciência (2) Consolador (3) Copa do Mundo (1) Coração (31) Coragem (4) Corra (1) Corrompidos (1) Cosmovisão Cristã (1) Crer em Jesus (3) Criação (3) Criança (7) Cristãos (60) Cristianismo (19) Cristo (85) Crucificaram (1) Cruz (29) Culto (2) Cultura (4) Cura (6) David Wilkerson (43) Demônio (4) Dennis Allan (23) Denominações (1) Dependência (2) Depravação Humana (11) Depressão (6) Desanimado e fraco (11) Descanso (1) Desejo (1) Desenhos para Crianças (9) Deserto (1) Desigrejados (1) Desonra (1) Desprezado e Rejeitado (3) Desviado (5) Deus (328) Devoção (1) Diabo (9) Dinheiro (11) Discernimento (1) Discipulado (7) Discípulos Verdadeiros (4) Divórcio (9) Divulgue esse Blog (2) Dízimos e Ofertas (3) Dons Espirituais (1) Dor (6) Dores de Parto (1) Doutrinas (5) Dr J.R (1) Drogas (1) Dúvidas (1) Eclesiastes (1) Ego (1) Enganados (1) Envelhecer com Deus (1) Equilibrio (1) Errando (2) Escolha (2) Escolhidos De Deus (10) Escravo por Amor (2) Esforço (1) Esperança (8) Espíritismo (1) Espirito Santo (27) Espirituais (35) Estudo da Bíblia (257) Estudo Livro de Romanos por John Piper (17) Estudo Livro de Rute por John Piper (5) Eternidade (10) Eu Não Consigo (1) Evangelho (76) Evangelho da Prosperidade (13) Evangelho do Reino (1) Evangelismo (5) Evangelizar pela Internet (7) Evolução (1) Exaltação (1) Êxodo (1) Exortação (3) Ezequiel (1) Falar em Linguas (3) Falsos Profetas(Enganação) (17) Família (16) Fariseus (3) (49) Felicidade (6) Festas do Mundo (1) Festas juninas(São João) (1) Fiél (3) Filmes Bíblicos (43) Finais dos Tempos (11) Força (1) Fruto (8) Futebol (1) Gálatas (1) George Müller (1) George Whitefield (2) Glória (44) Graça (47) Gratidão (3) Guerra (4) Hebreus (1) Heresias (3) Hernandes Lopes (110) Hinos (1) Homem (46) Homossexual (6) Honra (1) Humanismo (1) Humildade (9) Humilhado (8) Idolatria (12) Idoso (1) Ignorância (1) Igreja (79) Ímpios (1) Incentivo (1) Incredulidade (2) Inferno (8) Ingratidão (2) Inimigo (2) Inquisição Católica (1) Intercessão (1) Intercessor (1) Intervenção (9) Intimidade (1) Inutéis (1) Inveja (1) Ira (12) Isaías (1) J. C. Ryle (9) James M. Boice (1) Jejum (4) Jeremias (2) Jesus (88) (1) João (4) João Calvino (145) Jogos VIDEO GAMES (2) John Owen (15) John Pipper (587) John Stott (28) John Wesley (1) Jonathan Edwards (92) José (1) Joseph Murphy (1) Josué Yrion (8) Jovens (15) Julgamento (20) Justiça (2) Lave os pés dos seus irmãos Vá em busca dos perdidos e fale do amor de Deus (1) Leão da Tribo de Judá (1) Legalismo vs. Bem-Aventuranças (1) Leonard Ravenhill (52) Liberdade (10) Língua (5) Livre arbítrio (10) Livros (67) Louvor (4) Lutar (7) Maçonaria e Fé Cristã (1) Mãe (2) Mal (18) Maldições Hereditárias (3) Manifestações Absurdas (2) Marca da Besta (1) Mártires (5) Martyn Lloyd-Jones (173) Masturbação (2) Mateus (2) Maturidade (2) Médico dos Médicos (1) Medo (2) Mefibosete (1) Mensagens (372) Mentira (8) Milagres (2) Ministério (10) Misericórdia (13) Missão portas abertas (21) Missões (27) Missões Cristãos em Defesa do Evangelho (1) Monergismo (1) Morrendo (12) Morte (43) Morte de um ente querido que não era crente (1) Mulher (11) Mulheres pastoras (2) Mundanismo (3) Mundo (28) Murmuração (3) Músicas (38) Músicas nas Igrejas.Louvor (8) Namoro ou Ficar (12) Natal (4) Noiva de Cristo (2) Nosso Corpo (1) Novo convertido (10) Novo Nascimento (11) O Semeador (1) O Seu Chamado (13) Obediencia (8) Obras (15) Obreiros (2) Observador (2) Oração (67) Orgulho (10) Orgulho Espiritual (1) Orkut (1) Paciência (7) Pai (1) Pais e Filhos (21) Paixão (3) Paixão de Cristo (2) Parábola Filho Pródigo (2) Parábolas (9) participe do nosso grupo e curta nossa página! (1) Páscoa (1) Pastor (18) Paul Washer (216) Paulo Junior (239) Paz (4) Pecado (106) Pecadores (12) Pedofilia (2) Perdão (16) perse (1) Perseguição (13) Pobre (4) Poder (18) Por que tarda o pleno Avivamento? (3) Pornografia (8) Porque Deus permite o sofrimento dos inocentes (2) Porta Estreita (2) Pregação (24) PREGAÇÕES COMPLETAS INTRODUÇÃO ESCOLA DE OBREIROS (1) Profecias (3) Profetas (3) Prostituição (2) Provação (2) Provar o Evangelho Para Aqueles que Não acreditam Na Bíblia (1) Provérbios (1) Púlpito (3) Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma (1) R. C. Sproul (29) Realidade (1) Rebelde (1) Redes Sociais (2) Reencarnação (2) Refletindo Sobre Algumas coisas (1) Reforma e Reavivamento (1) Reforma Protestante (3) Refúgio (2) Regeneração (16) Rei (3) Relativismo (1) Religião (7) Renúncia (2) Ressuscitou (5) Revelação (1) Ricardo Gondim (1) Richard Baxter (7) Rico (12) Romanos (20) Roupas (1) Rupert Teixeira (4) Rute (5) Sabedoria (12) Sacrifício (3) Salvação (45) Sangue de Cristo (3) Santa Ceia (2) Santidade (34) Satanás (15) Secularismo (1) Segurança Completa (1) Seitas (3) Semente (1) Senhor (10) Sensualidade (2) Sermão da Montanha (2) Servos Especiais (4) Sexo (8) Sinais e Maravilhas (2) Soberba (1) Sofrimento (24) Sola Scriptura (1) Sola Scriptura Solus Christus Sola Gratia Sola Fide Soli Deo Gloria (4) Soldado (1) Sozinho (3) Steven Lawson (12) Submissão (1) Suicídio (2) Televisão um Perigo (8) Temor (4) Tempo (5) Tentação (9) Teologia (2) Teologia da Prosperidade (4) Tesouro que foi achado (4) Tessalonicenses 1 (1) Testemunhos (29) Thomas Watson (17) Tim Conway (38) Timóteo (1) Todo homem pois seja pronto para ouvir tardio para falar tardio para se irar Tiago 1.19 (1) Trabalho (2) Tragédia Realengo Rio de Janeiro (2) Traição (4) Transformados (1) Trevas e Luz (2) Tribulação (10) Trindade (2) Tristeza (5) Trono branco (2) Tsunami no Japão (2) tudo (231) Uma Semente de Amor para Russia (1) Unção (3) Ungir com Óleo (1) Vaidade (3) Vaso (2) Velho (1) Verdade (30) Vergonha (3) Vestimentas (1) Vícios (6) Vida (39) Vincent Cheung (1) Vitória (5) Vontade (1) Votação (1) Yoga (1)

Comentários:

Mensagem do Dia

O homem, cujo tesouro é o Senhor, tem todas as coisas concentradas nEle. Outros tesouros comuns talvez lhe sejam negados, mas mesmo que lhe seja permitido desfrutar deles, o usufruto de tais coisas será tão diluído que nunca é necessário à sua felicidade. E se lhe acontecer de vê-los desaparecer, um por um, provavelmente não experimentará sensação de perda, pois conta com a fonte, com a origem de todas as coisas, em Deus, em quem encontra toda satisfação, todo prazer e todo deleite. Não se importa com a perda, já que, em realidade nada perdeu, e possui tudo em uma pessoa Deus de maneira pura, legítima e eterna. A.W.Tozer

"A conversão tira o cristão do mundo; a santificação tira o mundo do cristão." JOHN WESLEY"

Minha foto

Darliana+ Missões Cristãos em Defesa do Evangelho+✿Apenas uma alma que foi resgatada através da graça e misericórdia de Deus,Dai de graça o que de graça recebeste' (Mt. 10,8). Latim para estar em consonância com as cinco teses que dão sustentação ao “pensamento”e à vida do genuíno cristão reformado: sola scriptura,sola gratia, sola fide,solus christus, soli deo gloria. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8 : 32) "Um cristão verdadeiro é uma pessoa estranha em todos os sentidos." Ele sente um amor supremo por alguém que ele nunca viu; conversa familiarmente todos os dias com alguém que não pode ver; espera ir para o céu pelos méritos de outro; esvazia-se para que possa estar cheio; admite estar errado para que possa ser declarado certo; desce para que possa ir para o alto; é mais forte quando ele é mais fraco; é mais rico quando é mais pobre; mais feliz quando se sente o pior. Ele morre para que possa viver; renuncia para que possa ter; doa para que possa manter; vê o invisível, ouve o inaudível e conhece o que excede todo o entendimento." A.W.Tozer✿

Postagens Populares

Bíblia OnLine - Leitura e Audio

Bíblia OnLine - Leitura e Audio
Alimentar-se da Palavra "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." (Hebreus 4 : 12).Erram por não conhecer as Escrituras, e nem o poder de Deus (Mateus 22.29)Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo. Apocalipse 1:3

Feed: Receba Atualizações Via Email

Coloque o seu endereço de email e receba atualizações e conteúdos exclusivos:

Cadastre seu E-mail.Obs.: Lembre-se de clicar no link de confirmação enviado ao seu e-mail.