Tradutor

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

4 de nov de 2011

Cristianismo é Religião? - Vincent Cheung



Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto

Sempre agradecemos a Deus, o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vocês, pois 
temos ouvido falar da fé que vocês têm em Cristo Jesus e do amor que têm por todos os santos,
por causa da esperança que lhes está reservada nos céus, a respeito da qual vocês ouviram por 
meio da palavra da verdade, o evangelho que chegou até vocês. Por todo o mundo este evangelho 
vai frutificando e crescendo, como também ocorre entre vocês, desde o dia em que o ouviram e 
entenderam a graça de Deus em toda a sua verdade. Vocês o aprenderam de Epafras, nosso amado 
cooperador, fiel ministro de Cristo para conosco, que também nos falou do amor que vocês têm 
no Espírito. (Colossenses 1:3-8, NVI)
Algumas pessoas têm aversão à palavra “religião” e preferem não ter nada a 
ver com ela. Entre elas, aqueles que se consideram cristãos opõem-se à palavra 
sobre o fundamento que o Cristianismo não é uma religião, mas uma “vida” ou 
“relacionamento”. Mas esse desdém para com a palavra é baseado em ignorância e 
falsa piedade. 
Primeiro, podemos questionar se as palavras “vida” e “relacionamento” são 
de fato descrições adequadas da fé cristã. O relato bíblico dessa vida e 
relacionamento é muito mais rico do que pensam a maioria das pessoas que 
preferem essas palavras como descrições da fé. De fato, a Escritura inclui muitas 
coisas em sua exposição dessa vida e relacionamento que essas pessoas estão 
procurando excluir ao rejeitar a palavra “religião”. 
No dicionário  Merriam-Webster, uma definição principal de religião é “o 
serviço ou adoração a Deus”. Isso pode parecer muito específico para alguns 
filósofos, mas o cristão mediano dificilmente protestaria contra. Mesmo que a  
definição seja insuficiente, não há nada repulsivo ou não-espiritual nela. E sem 
dúvida, “o serviço ou adoração a Deus” pode incluir a idéia de uma vida ou um 
relacionamento, mas é também amplo o suficiente para incluir mais, ou mais das 
coisas que estão envolvidas nesta vida ou relacionamento. 
Então, uma segunda definição é “um conjunto pessoal ou sistema 
institucionalizado de atitudes, crenças e práticas religiosas”. Isso provavelmente 
representa a idéia de “religião” que muitos cristãos dissociam de sua fé ou qualquer 
vida espiritual legítima. Contudo, não há nada inerentemente errado nessa idéia de 
religião; antes, precisamos saber o que tem sido personalizado ou institucionalizado. 
Se for uma religião verdadeira, então ela deveria ser personalizada. Se essa religião 
verdadeira endossa uma organização formal em suas operações, então ela deveria 
ser institucionalizada. 
Institucionalizar algo significa “incorporar num sistema estruturado e, com 
freqüência, altamente formalizado”. Isso poderia ser correto ou errado, e a forma 
                                                  
como é feito poderia ser correta ou errada. Um “sistema… altamente formalizado” 
poderia canonizar um conjunto de tradições humanas, resultando na repudiação da 
ortodoxia doutrinária e liberdade espiritual. Contudo, a falta então reside no que é 
formalizado, e não na idéia em si de uma organização formal. Assim, mesmo a 
institucionalização não tem nada inerentemente censurável, nem é necessariamente 
oposta ao ou pelo Cristianismo. 
Assim, por exemplo, se não é errado para um crente dizer que “o 
Cristianismo é o único serviço ou adoração verdadeira a Deus”, então não é errado 
ele dizer que “o Cristianismo é a única religião verdadeira”. Da mesma forma, não 
existe nenhum problema com a primeira e segunda definição do  Webster's New 
World Dictionary: “crença num poder ou poderes divino ou super-humano, que deve 
ser obedecido e adorado como o(s) criador(es) e governador(es) do universo” e 
“qualquer sistema específico de crença e adoração, freqüentemente envolvendo um 
código de ética e uma filosofia”. 
Se uma pessoa insiste sobre uma definição privada de religião que a torne 
errada ou anti-bíblica, então sem dúvida não deveria aplicá-la ao Cristianismo, mas 
ele não tem nenhum fundamento para impor tal definição sobre outras pessoas. O 
ponto é que quando consideramos as definições comuns dos dicionários, a 
declaração “o Cristianismo não é uma religião” é falsa, e de fato anti-bíblica. Sem 
dúvida o Cristianismo é uma religião. E se estamos considerando essas definições, 
então a pessoa que diz “Dê-me Jesus, e não religião” está nos dizendo que ela não 
quer nada que tenha a ver com “o serviço e adoração a Deus”. 
A distinção necessária não é entre religião e relacionamento, visto que pelo 
menos mediante as definições de dicionários, uma religião pode incluir um 
relacionamento. Antes, a distinção necessária é entre uma religião boa e má, uma  
religião verdadeira e falsa. O Cristianismo é superior ao Islamismo, Budismo e 
outros, não porque é um relacionamento enquanto os outros são meras religiões. 
Todos são religiões! A diferença é que o Cristianismo é verdadeiro e o restante é 
falso. O Cristianismo é uma religião divinamente revelada. É a palavra de Deus 
mesmo sobre o apropriado serviço e adoração a Deus. Todas as outras religiões são 
invenções humanas e demoníacas. 
Assim, a questão crucial não é se o Cristianismo é uma religião, mas que tipo 
de religião é. Uma forma que a Escritura caracteriza a religião cristã é com as 
palavras fé, amor e esperança (v. 4-5). Quando significados subjetivos e emocionais 
são atribuídos a essas palavras, elas não podem transmitir algo substancial sobre o 
Cristianismo ou acentuar suas características distintivas das outras religiões e 
filosofias. Mas quando entendidas de acordo com o seu uso bíblico, essas palavras 
são capazes de expressar alguns aspectos centrais da religião cristã, tanto que alguns 
escritores têm organizado suas dogmáticas em torno delas. Sem dúvida, a mesma  
informação pode ser apresentada em diferenças formas, no que diz respeito a 
termos de estrutura e ênfase. 
A fé não é uma crença ou confiança geral. Algumas pessoas encorajam a “ter 
fé” sem menção do conteúdo dessa fé. Mesmo incrédulos são encorajados a ter fé 
nesse sentido. Se se pretende que essa fé produza um resultado desejável, ou faça o 
esforço e vigor de alguém prosperar, então qual é a base para essa confiança? “Fé” 
nesse sentido freqüentemente não se refere a nada, senão a uma força de vontade 
ou expectativa irracional. 
A Escritura fala sobre fé de diferentes formas. Aqui mencionaremos apenas 
dois de seus significados mais amplos. Primeiro, “fé” pode se referir à religião cristã 
em si, isto é, a série de doutrinas e práticas que a definem, como quando dizemos 
“a fé cristã” e “o conteúdo da fé” (Judas 3). Ou, “fé” pode se referir à crença 
pessoal nessa religião, como quando dizemos “tenha fé em Deus” (Marcos 11:22) e 
“temos ouvido falar da fé que vocês têm em Cristo Jesus” (Colossenses 1:4). Esse 
tipo de fé é um dom de Deus, produzido por seu Espírito naqueles a quem 
escolheu. Quando afirmamos a doutrina da justificação pela fé, afirmamos que 
Deus nos salva dando-nos fé em Jesus Cristo. 
Quando discutimos fé, amor e esperança juntos, estamos interessados nesse 
segundo sentido de fé – é a “fé em Cristo Jesus”. Existe o equívoco popular 
segundo o qual “crer em” Deus não é o mesmo que “crer que” o que ele revelou 
sobre si mesmo é verdadeiro, isto é, crer em coisas “sobre” Deus. Algumas vezes a 
distinção é feita entre confiança e crença, ou confiança e assentimento. Contudo, a 
distinção apropriada é uma feita entre fé verdadeira e falsa, não entre uma fé “crer 
em” e “crer que”, ou entre confiança e assentimento. Seria absurdo dizer: “Creio 
em Cristo, mas não creio em nada sobre ele” – “crer em” Cristo dessa forma não 
tem sentido. Ter fé em alguém é crer em algo sobre ele, e é impossível ter fé em 
alguém de uma forma além ou diferente da que temos fé com respeito a  ele, ou sobre 
ele. 
Tem sido argumentado que o conteúdo de “crer em” e “crer sobre” (ou 
“crer que”) não são necessariamente idênticos, visto crermos em certas coisas sobre 
uma pessoa que nos fornece uma base para “crer em” ou “confiar” nela, além 
daquilo imediatamente indicado por aquelas coisas cridas sobre ela. A menos que 
“confiança” refira-se a uma suposição cega afirmada por pura força de vontade, em 
cujo caso não é de forma alguma a fé bíblica, dizer que você “confia” em Deus 
além do que crê “sobre ele”, é simplesmente dizer que o que você crê “sobre” ele 
fornece uma base para você fazer isso, que por sua vez significa que essa 
“confiança” permanece idêntica ao que você crê “sobre” ele. Isto é, a distinção ou 
“distância” feita entre confiança e assentimento é ela mesma outro objeto de 
assentimento. E isso significa que a distinção é de fato falsa, e a “distância” não 
existe. 
Assim, dizer que temos fé em Cristo é uma abreviatura para dizer que 
cremos em várias proposições sobre Cristo. A palavra “fé” indica a natureza 
positiva e desejável das coisas que cremos sobre ele, e na extensão em que essa fé é 
bíblica, essas coisas serão proposições bíblicas. 

Fonte: http://www.vincentcheung.com

Idolatria, uma prática enganosa - Hernandes Dias Lopes


O único meio de salvação, mediação, e aproximação de DEUS é o Senhor Jesus Cristo, que derramou seu sangue em favor daquele que verdadeiramente nEle crê!

(Isaías 42:8) Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens (santos). 
(Levítico 26:1) Não fareis para vós ÍDOLOS, nem vos levantareis IMAGEM de escultura, nem ESTÁTUA, nem poreis PEDRA FIGURADA na vossa terra, para inclinar-vos a ela; porque eu sou o SENHOR vosso Deus.

A batalha contra o pecado 8 - A batalha contra a imoralidade sexual e a pornografia - Tim Conway


Tim Conway apresenta de forma bem honesta e franca a 1ª mensagem relacionada aos pecados na área sexual, suas implicações quanto a fé, motivação, salvação e suas consequências, encorajando os cristãos a assumirem uma firme postura contra todo tipo de desejo sexual pecaminoso.


Eu sou uma boa pessoa, isso não é o suficiente? - Mike McKinley


Marcadores

(I Pedro 5:8) (1) 1 Coríntios (3) 1 Pedro (1) 1Pedro (1) 2 Pedro (2) A (1) A palavra da Cruz é Loucura (3) A Parábola do Rico e Lázaro (1) a Semente e os Solos (1) A Volta de Jesus (4) A. W. Tozer (36) A.W Pink (2) Abandonado (1) Aborto (9) Adoração (18) Agostinho (1) Aids (1) Alegria (22) Aliança (1) Alívio (1) Almas (17) Amarás o Próximo (1) Amargura (1) Amém (3) Amizade (5) Amor (70) Anátema (1) Angústia (2) Animais (1) Anjos (3) Anorexia (1) Ansiedade (5) Anticristo (2) Antidepressivo (1) Antigo Testamento (1) Apocalipse (10) Apostasia (5) Apóstolo Paulo (4) Arca de noé (2) Arrebatamento (3) Arrependimento (22) Arrogância (1) Arthur W. Pink (5) As Igrejas de todos os Tipos e para todos os Gostos (1) Ateísmo (4) Ateus (5) Augustus Nicodemus (2) Autoridade (4) Avareza (1) Aviso (2) Avivamento (10) Batalha Espiritual (7) Batismo (4) Bebida Alcóolica (1) Benção (2) Bíblia (49) Boas Novas (1) Bullying (1) Cálice (2) Calvinismo (2) Campanhas no Facebook (1) Cansado (1) Caráter (4) Carnal (1) Carnaval (2) Carne (11) Carta de Deus e do Inferno (2) Carter Conlon (1) Casamento (32) Castigo (1) Catolicismo.Religiao (1) Céu (14) Chamados ao primeiro amor (5) Charles Haddon Spurgeon (274) Cigarro (1) Circo ou Igreja? (1) Cirurgia Plástica (1) Citações Redes Sociais (2) Clodoaldo Machado (1) Cobiça (1) Comunhão (4) Comunidade no Orkut (1) Conhecendo as Histórias da Bíblia (1) Conhecimento (2) Consciência (2) Consolador (3) Copa do Mundo (1) Coração (31) Coragem (4) Corra (1) Corrompidos (1) Cosmovisão Cristã (1) Crer em Jesus (3) Criação (3) Criança (7) Cristãos (60) Cristianismo (19) Cristo (85) Crucificaram (1) Cruz (29) Culto (2) Cultura (4) Cura (6) David Wilkerson (43) Demônio (4) Dennis Allan (23) Denominações (1) Dependência (2) Depravação Humana (11) Depressão (6) Desanimado e fraco (11) Descanso (1) Desejo (1) Desenhos para Crianças (9) Deserto (1) Desigrejados (1) Desonra (1) Desprezado e Rejeitado (3) Desviado (5) Deus (328) Devoção (1) Diabo (9) Dinheiro (11) Discernimento (1) Discipulado (7) Discípulos Verdadeiros (4) Divórcio (9) Divulgue esse Blog (2) Dízimos e Ofertas (3) Dons Espirituais (1) Dor (6) Dores de Parto (1) Doutrinas (5) Dr J.R (1) Drogas (1) Dúvidas (1) Eclesiastes (1) Ego (1) Enganados (1) Envelhecer com Deus (1) Equilibrio (1) Errando (2) Escolha (2) Escolhidos De Deus (10) Escravo por Amor (2) Esforço (1) Esperança (8) Espíritismo (1) Espirito Santo (27) Espirituais (35) Estudo da Bíblia (257) Estudo Livro de Romanos por John Piper (17) Estudo Livro de Rute por John Piper (5) Eternidade (10) Eu Não Consigo (1) Evangelho (76) Evangelho da Prosperidade (13) Evangelho do Reino (1) Evangelismo (5) Evangelizar pela Internet (7) Evolução (1) Exaltação (1) Êxodo (1) Exortação (3) Ezequiel (1) Falar em Linguas (3) Falsos Profetas(Enganação) (17) Família (16) Fariseus (3) (49) Felicidade (6) Festas do Mundo (1) Festas juninas(São João) (1) Fiél (3) Filmes Bíblicos (43) Finais dos Tempos (11) Força (1) Fruto (8) Futebol (1) Gálatas (1) George Müller (1) George Whitefield (2) Glória (44) Graça (47) Gratidão (3) Guerra (4) Hebreus (1) Heresias (3) Hernandes Lopes (110) Hinos (1) Homem (46) Homossexual (6) Honra (1) Humanismo (1) Humildade (9) Humilhado (8) Idolatria (12) Idoso (1) Ignorância (1) Igreja (79) Ímpios (1) Incentivo (1) Incredulidade (2) Inferno (8) Ingratidão (2) Inimigo (2) Inquisição Católica (1) Intercessão (1) Intercessor (1) Intervenção (9) Intimidade (1) Inutéis (1) Inveja (1) Ira (12) Isaías (1) J. C. Ryle (9) James M. Boice (1) Jejum (4) Jeremias (2) Jesus (88) (1) João (4) João Calvino (145) Jogos VIDEO GAMES (2) John Owen (15) John Pipper (587) John Stott (28) John Wesley (1) Jonathan Edwards (92) José (1) Joseph Murphy (1) Josué Yrion (8) Jovens (15) Julgamento (20) Justiça (2) Lave os pés dos seus irmãos Vá em busca dos perdidos e fale do amor de Deus (1) Leão da Tribo de Judá (1) Legalismo vs. Bem-Aventuranças (1) Leonard Ravenhill (52) Liberdade (10) Língua (5) Livre arbítrio (10) Livros (67) Louvor (4) Lutar (7) Maçonaria e Fé Cristã (1) Mãe (2) Mal (18) Maldições Hereditárias (3) Manifestações Absurdas (2) Marca da Besta (1) Mártires (5) Martyn Lloyd-Jones (173) Masturbação (2) Mateus (2) Maturidade (2) Médico dos Médicos (1) Medo (2) Mefibosete (1) Mensagens (372) Mentira (8) Milagres (2) Ministério (10) Misericórdia (13) Missão portas abertas (21) Missões (27) Missões Cristãos em Defesa do Evangelho (1) Monergismo (1) Morrendo (12) Morte (43) Morte de um ente querido que não era crente (1) Mulher (11) Mulheres pastoras (2) Mundanismo (3) Mundo (28) Murmuração (3) Músicas (38) Músicas nas Igrejas.Louvor (8) Namoro ou Ficar (12) Natal (4) Noiva de Cristo (2) Nosso Corpo (1) Novo convertido (10) Novo Nascimento (11) O Semeador (1) O Seu Chamado (13) Obediencia (8) Obras (15) Obreiros (2) Observador (2) Oração (67) Orgulho (10) Orgulho Espiritual (1) Orkut (1) Paciência (7) Pai (1) Pais e Filhos (21) Paixão (3) Paixão de Cristo (2) Parábola Filho Pródigo (2) Parábolas (9) participe do nosso grupo e curta nossa página! (1) Páscoa (1) Pastor (18) Paul Washer (216) Paulo Junior (239) Paz (4) Pecado (106) Pecadores (12) Pedofilia (2) Perdão (16) perse (1) Perseguição (13) Pobre (4) Poder (18) Por que tarda o pleno Avivamento? (3) Pornografia (8) Porque Deus permite o sofrimento dos inocentes (2) Porta Estreita (2) Pregação (24) PREGAÇÕES COMPLETAS INTRODUÇÃO ESCOLA DE OBREIROS (1) Profecias (3) Profetas (3) Prostituição (2) Provação (2) Provar o Evangelho Para Aqueles que Não acreditam Na Bíblia (1) Provérbios (1) Púlpito (3) Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma (1) R. C. Sproul (29) Realidade (1) Rebelde (1) Redes Sociais (2) Reencarnação (2) Refletindo Sobre Algumas coisas (1) Reforma e Reavivamento (1) Reforma Protestante (3) Refúgio (2) Regeneração (16) Rei (3) Relativismo (1) Religião (7) Renúncia (2) Ressuscitou (5) Revelação (1) Ricardo Gondim (1) Richard Baxter (7) Rico (12) Romanos (20) Roupas (1) Rupert Teixeira (4) Rute (5) Sabedoria (12) Sacrifício (3) Salvação (45) Sangue de Cristo (3) Santa Ceia (2) Santidade (34) Satanás (15) Secularismo (1) Segurança Completa (1) Seitas (3) Semente (1) Senhor (10) Sensualidade (2) Sermão da Montanha (2) Servos Especiais (4) Sexo (8) Sinais e Maravilhas (2) Soberba (1) Sofrimento (24) Sola Scriptura (1) Sola Scriptura Solus Christus Sola Gratia Sola Fide Soli Deo Gloria (4) Soldado (1) Sozinho (3) Steven Lawson (12) Submissão (1) Suicídio (2) Televisão um Perigo (8) Temor (4) Tempo (5) Tentação (9) Teologia (2) Teologia da Prosperidade (4) Tesouro que foi achado (4) Tessalonicenses 1 (1) Testemunhos (29) Thomas Watson (17) Tim Conway (38) Timóteo (1) Todo homem pois seja pronto para ouvir tardio para falar tardio para se irar Tiago 1.19 (1) Trabalho (2) Tragédia Realengo Rio de Janeiro (2) Traição (4) Transformados (1) Trevas e Luz (2) Tribulação (10) Trindade (2) Tristeza (5) Trono branco (2) Tsunami no Japão (2) tudo (231) Uma Semente de Amor para Russia (1) Unção (3) Ungir com Óleo (1) Vaidade (3) Vaso (2) Velho (1) Verdade (30) Vergonha (3) Vestimentas (1) Vícios (6) Vida (39) Vincent Cheung (1) Vitória (5) Vontade (1) Votação (1) Yoga (1)

Comentários:

Mensagem do Dia

O homem, cujo tesouro é o Senhor, tem todas as coisas concentradas nEle. Outros tesouros comuns talvez lhe sejam negados, mas mesmo que lhe seja permitido desfrutar deles, o usufruto de tais coisas será tão diluído que nunca é necessário à sua felicidade. E se lhe acontecer de vê-los desaparecer, um por um, provavelmente não experimentará sensação de perda, pois conta com a fonte, com a origem de todas as coisas, em Deus, em quem encontra toda satisfação, todo prazer e todo deleite. Não se importa com a perda, já que, em realidade nada perdeu, e possui tudo em uma pessoa Deus de maneira pura, legítima e eterna. A.W.Tozer

"A conversão tira o cristão do mundo; a santificação tira o mundo do cristão." JOHN WESLEY"

Minha foto

Darliana+ Missões Cristãos em Defesa do Evangelho+✿Apenas uma alma que foi resgatada através da graça e misericórdia de Deus,Dai de graça o que de graça recebeste' (Mt. 10,8). Latim para estar em consonância com as cinco teses que dão sustentação ao “pensamento”e à vida do genuíno cristão reformado: sola scriptura,sola gratia, sola fide,solus christus, soli deo gloria. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8 : 32) "Um cristão verdadeiro é uma pessoa estranha em todos os sentidos." Ele sente um amor supremo por alguém que ele nunca viu; conversa familiarmente todos os dias com alguém que não pode ver; espera ir para o céu pelos méritos de outro; esvazia-se para que possa estar cheio; admite estar errado para que possa ser declarado certo; desce para que possa ir para o alto; é mais forte quando ele é mais fraco; é mais rico quando é mais pobre; mais feliz quando se sente o pior. Ele morre para que possa viver; renuncia para que possa ter; doa para que possa manter; vê o invisível, ouve o inaudível e conhece o que excede todo o entendimento." A.W.Tozer✿

Postagens Populares

Bíblia OnLine - Leitura e Audio

Bíblia OnLine - Leitura e Audio
Alimentar-se da Palavra "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." (Hebreus 4 : 12).Erram por não conhecer as Escrituras, e nem o poder de Deus (Mateus 22.29)Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo. Apocalipse 1:3

Feed: Receba Atualizações Via Email

Coloque o seu endereço de email e receba atualizações e conteúdos exclusivos:

Cadastre seu E-mail.Obs.: Lembre-se de clicar no link de confirmação enviado ao seu e-mail.