Tradutor

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

18 de fev de 2011

Renúncia Total - Agostinho -(13 de novembro de 354 - 28 de agosto de 430)



1.   Uma casa dividida

Meu ser interior era como uma casa dividida. Por que acontece esse fenômeno estranho? A mente dá ordens ao corpo, e ele obedece imediatamente, mas quando dá ordens a si mesma, encontra resistência. O que provoca isso? A mente ordena que a mão se movimente, e esta obedece prontamente, de modo que é quase impossível distinguir a ordem da execução. Entretanto, a mente é a mente, e a mão faz parte do corpo, mas quando a mente ordena que a mente execute um ato da vontade, apesar de ser o mesmo órgão, a ordem não é obedecida.

Por que isso acontece? A mente dá ordens a si mesma para executar um ato da vontade, e não daria essa ordem se não quisesse. Entretanto, a mente não cumpre a própria ordem. Todavia, o desejo de cumprir a ordem não é total. Portanto, não são dadas todas as ordens. A mente só dá as ordens que deseja, e se não o desejar, a ordem não será cumprida.


2.  Afligido pelo hábito

A vontade ordena que um ato da vontade seja cumprido, e ordena a si mesma, não à outra vontade. Assim, o motivo de a ordem não ser obedecida é não ter sido dada com toda a vontade. Se a vontade fosse completa, não daria ordens para ser completa, uma vez que já seria completa.

Portanto, não é estranho o fenômeno de em parte querer algo e em parte não querer. E uma doença da mente que a impede de elevar-se a um nível em que seja sustentada pela verdade, porque é afligida pelo hábito. Por isso, há dentro de nós duas vontades, pois nenhuma delas é por si só toda a vontade, e cada uma delas possui o que falta na outra.


3.  Dividido entre vontades conflitantes

Quando lutava com a decisão de servir ao Senhor meu Deus, como desejava havia muito tempo, era eu quem queria seguir esse caminho e, ao mesmo tempo, era eu quem resistia. Era eu e somente eu, mas não desejei ou me recusei fazê-lo com toda a minha vontade. Por isso, eu discordava ée mim mesmo. Estava ficando confuso. Tudo aconteceu comigo contra unha vontade, mas provou que tenho uma segunda mente dentro de n além da minha. Simplesmente significava que minha mente estava sendo punida. Meus atos não vinham de mim, mas da essência pecaminosa que habita em mim (Romanos 7.17). Fazia parte do castigo de um pecado cometido livremente por Adão, meu primeiro pai.

Na hora de tomar uma decisão, temos a alma dividida por vontades conflitantes. Alguns dizem que temos duas mentes opostas dentro de nós, uma boa e outra má, e que elas estão em conflito porque surgem de duas substâncias ou essências opostas.

Tu, porém, ó Deus da verdade, mostra como eles estão completamente erados. Tu destróis os argumentos deles e os confundes inteiramente. Pode ser que ambas as vontades sejam ruins. Por exemplo, a pessoa pode tentar fdeddir se quer gastar seu dinheiro de modo extravagante, ou se irá acumulá-lo como um avarento, ou se cometerá um crime ou um adultério — ou mesmo outra opção: se vai cometer um furto. Já que não poderá fazer tudo de uma ri. sua mente está dividida entre essas vontades irreconciliáveis.


4.  A força total da vontade

O mesmo acontece quando a vontade é boa. Quando estou tentando decidir entre ler uma epístola de Paulo ou ler um salmo — ou, talvez, um dos Evangelhos — alguns dirão que, seja como for, a vontade é boa. Suponhamos, então, que alguém considere todas essas opções igualmente atrativas e que a oportunidade de fazer todas elas aconteça no mesmo instante. Não é verdade que a pessoa, enquanto não optar pela que mais lhe interessa, estará dividida entre vários desejos? Todos esses diferentes
desejos são bons, contudo estarão em conflito entre si até a pessoa decidir o caminho pelo qual a vontade será unanime, para que não esteja mais dividida entre várias vontades.
Isso também se aplica quando a parte superior de nossa natureza aspira felicidade eterna enquanto nosso ser inferior se detém na paixão pelos prazeres temporais. E a mesma alma desejando ambas as coisas, mas não desejando nenhuma delas com toda a força da vontade. Por isso, está dividida ao meio e sofre grande provação porque, enquanto a verdade aponta a preferência por um caminho, os hábitos impedem a renúncia de outro.

5.   Na iminência da resolução

Essa foi a essência de minha doença. Fiquei atormentado, repreendendo a mim mesmo com amargura, como nunca, enquanto me retorcia e me revirava em minha prisão. Eu esperava que minha prisão fosse rompida de uma vez por todas, porque apenas uma pequena coisa me segurava. Ainda assim, ela me prendia. E tu, Senhor, nunca deixaste de cuidar do íntimo de meu coração. Por tua severa misericórdia, castigaste-me com o duplo açoite do temor e da vergonha, caso eu cedesse outra vez e a corrente gasta e fraca não arrebentasse, porém recebesse mais força, prendendo-me ainda mais.
Ficava dizendo em meu coração: "Deixa como está! Deixa como está!", e só dizendo isso eu estava à beira de tomar uma decisão. Estava a ponto de fazê-lo, mas não fui bem-sucedido. Contudo, não voltei ao meu estado anterior. Continuei na iminência de uma resolução, esperando tomar novo fôlego. Tentei novamente e cheguei mais próximo de meu alvo, e depois um pouco mais perto, de modo que quase podia alcançá-lo e agarrá-lo.
Todavia, não alcancei o alvo. Não tinha como alcançá-lo e agarrá-lo, pois não dei o passo por meio do qual eu deveria morrer e reviver. Meus instintos inferiores, que tomaram conta de mim, eram mais fortes que os do ser superior, que continuavam intocáveis. Quanto mais se aproximava o momento que deveria marcar a grande mudança em mim, mais eu me afundava, horrorizado. Mas isso não me conteve nem me desviou de meu propósito: simplesmente deixou-me em suspenso.


6.      Minha indecisão

Fiquei detido por todas as minhas antigas atrações. Elas puxavam minha veste de carne e sussurravam: "Você me dispensará? De agora em diante nunca mais estaremos contigo, nunca mais! De agora em diante, você nunca mais poderá fazer isto ou aquilo". Qual o sentido disso que sussurraram, Deus meu: "Isto ou aquilo"? Coisas tão sórdidas e vergonhosas que suplico, por tua misericórdia, livrar a alma de teu servo!

Essas vozes, quando as ouço, parecem estar na metade do volume que estavam antes. Elas não me impedem mais; seus murmúrios, porém, chegam mim por trás, tentando fazer com que eu vire o rosto enquanto desejo seguir adiante. Contudo, em minha indecisão, elas impediram que eu fosse rasgado ao meio, que eu me livrasse delas e transpusesse a barreira para chegar ao lugar de onde me chamavas. A força do hábito era muito superior a mim quando pedia: "Você acha que pode viver sem essas coisas?".

7.      Trêmulo diante da barreira

Entretanto, nessa hora a força do hábito enfraquecia. Voltei para ver outra coisa e, enquanto continuava a tremer diante da barreira, do outro lado eu podia ver a beleza modesta da Moderação, em toda a sua serenidade, alegria imaculada quando ela acenava humildemente para eu que vencesse a barreira sem vacilar. Ela estendeu mãos ternas para receber-me e abraçar-me, pondo diante de mim uma imensidão de bons exemplos.

Ela sorriu para transmitir coragem, como se estivesse dizendo: "Você não consegue fazer o que estes homens e mulheres estão fazendo? Acha que eles encontram forças em si mesmos para vencer, não no Senhor Deus deles? Foi o Senhor Deus deles que me entregou a eles. Por que você insiste no esforço próprio, se fracassa? Entregue-se a Deus e não tema. Ele não retrocederá nem o deixará cair. Entregue-se a ele sem temer, pois ele o acolherá e irá curá-lo de todos os males".
Fui tomado de vergonha porque ainda estava dando ouvidos aos murmúrios inúteis de meu ser inferior e continuava suspenso. Mais uma vez, a Moderação parecia dizer: "Feche os ouvidos aos sussurros impuros de seu corpo, para que seja mortificado. Eles falarão de coisas que lhe agradarão, mas não de coisas como a lei do Senhor, que seu Deus quer lhe ensinar".

8.  Por que não agora?

Sondo as profundezas de minha alma arrancando dela os segredos deploráveis e, depois de revistar todos eles diante de mim, uma grande perturbação irrompeu em meu interior. De alguma maneira, atirei-me para baixo da figueira e dei lugar às lagrimas que corriam de meus olhos. Pois achava que ainda estava preso aos meus pecados e continuei chorando em desespero: "Até quando vou ficar dizendo: Amanhã, amanhã'? Por que não agora? Por que não terminar agora com meus pecados abomináveis?".

Eu me perguntava essas coisas, chorando o tempo inteiro com profunda amargura no coração, quando de repente ouvi o canto de uma criança, vindo de uma casa das redondezas. Não sei dizer se era menino ou menina, mas repetia várias vezes o refrão: "Pegue e leia, pegue e leia". Olhei, enquanto me esforçava para lembrar se havia algum tipo de brincadeira em que as crianças recitavam palavras como aquelas, mas não conseguia lembrar de tê-las ouvido.

Estanquei minhas lágrimas e fiquei de pé, dizendo a mim mesmo que a voz só podia ser uma ordem divina para eu abrir as Escrituras e ler a primeira passagem na qual meu olhar se fixasse. Então, apressei-me para o lugar onde eu havia deixado o livro que continham as epístolas de Paulo. Peguei, abri e em silêncio li a primeira passagem que vi: "Não em orgias e bebedices, não em cobiça e libertinagem, não em contendas e rivalidades. Antes, arme-se com o Senhor Jesus Cristo; não dê atenção à natureza e seus apetites" (Romanos 13.13,14,).

Não desejei ler mais, nem precisava. Pois no mesmo instante, quando terminei a frase, foi como se a luz da confiança invadisse meu coração e toda a escuridão da dúvida se dissipasse. Marquei o lugar com o dedo e fechei o livro. Tu converteste a mim para ti mesmo, para que eu não depositasse nenhuma esperança neste mundo, mas continuasse firme : ure a regra de fé.

Texto bíblico: Romanos 7.14-25

Sabemos que a Lei é espiritual; eu, contudo, não o sou, pois fui vendido como escravo ao pecado. Não entendo o que faço. Pois não faço o que desejo, mas o que odeio. E, se faço o que não desejo, admito que a Lei é boa. Neste caso, não sou mais eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim. Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo. Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo. Ora, se faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim.

Assim, encontro esta lei que atua em mim: Quando quero fazer o bem, o mal está junto a mim. No íntimo do meu ser tenho prazer na Lei de Deus; mas vejo outra lei atuando nos membros do meu corpo, guerreando contra a lei da minha mente, tornando-me prisioneiro da lei do pecado que atua em meus membros. Miserável homem que eu sou! Quem me libertará do corpo sujeito a esta morte? Graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor! De modo que, com a mente, eu próprio sou escravo da Lei de Deus; mas, com a carne, da lei do pecado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

(I Pedro 5:8) (1) 1 Coríntios (3) 1 Pedro (1) 1Pedro (1) 2 Pedro (2) A (1) A palavra da Cruz é Loucura (3) A Parábola do Rico e Lázaro (1) a Semente e os Solos (1) A Volta de Jesus (4) A. W. Tozer (36) A.W Pink (2) Abandonado (1) Aborto (9) Adoração (18) Agostinho (1) Aids (1) Alegria (22) Aliança (1) Alívio (1) Almas (17) Amarás o Próximo (1) Amargura (1) Amém (3) Amizade (5) Amor (70) Anátema (1) Angústia (2) Animais (1) Anjos (3) Anorexia (1) Ansiedade (5) Anticristo (2) Antidepressivo (1) Antigo Testamento (1) Apocalipse (10) Apostasia (5) Apóstolo Paulo (4) Arca de noé (2) Arrebatamento (3) Arrependimento (22) Arrogância (1) Arthur W. Pink (5) As Igrejas de todos os Tipos e para todos os Gostos (1) Ateísmo (4) Ateus (5) Augustus Nicodemus (2) Autoridade (4) Avareza (1) Aviso (2) Avivamento (10) Batalha Espiritual (7) Batismo (4) Bebida Alcóolica (1) Benção (2) Bíblia (49) Boas Novas (1) Bullying (1) Cálice (2) Calvinismo (2) Campanhas no Facebook (1) Cansado (1) Caráter (4) Carnal (1) Carnaval (2) Carne (11) Carta de Deus e do Inferno (2) Carter Conlon (1) Casamento (32) Castigo (1) Catolicismo.Religiao (1) Céu (14) Chamados ao primeiro amor (5) Charles Haddon Spurgeon (274) Cigarro (1) Circo ou Igreja? (1) Cirurgia Plástica (1) Citações Redes Sociais (2) Clodoaldo Machado (1) Cobiça (1) Comunhão (4) Comunidade no Orkut (1) Conhecendo as Histórias da Bíblia (1) Conhecimento (2) Consciência (2) Consolador (3) Copa do Mundo (1) Coração (31) Coragem (4) Corra (1) Corrompidos (1) Cosmovisão Cristã (1) Crer em Jesus (3) Criação (3) Criança (7) Cristãos (60) Cristianismo (19) Cristo (85) Crucificaram (1) Cruz (29) Culto (2) Cultura (4) Cura (6) David Wilkerson (43) Demônio (4) Dennis Allan (23) Denominações (1) Dependência (2) Depravação Humana (11) Depressão (6) Desanimado e fraco (11) Descanso (1) Desejo (1) Desenhos para Crianças (9) Deserto (1) Desigrejados (1) Desonra (1) Desprezado e Rejeitado (3) Desviado (5) Deus (328) Devoção (1) Diabo (9) Dinheiro (11) Discernimento (1) Discipulado (7) Discípulos Verdadeiros (4) Divórcio (9) Divulgue esse Blog (2) Dízimos e Ofertas (3) Dons Espirituais (1) Dor (6) Dores de Parto (1) Doutrinas (5) Dr J.R (1) Drogas (1) Dúvidas (1) Eclesiastes (1) Ego (1) Enganados (1) Envelhecer com Deus (1) Equilibrio (1) Errando (2) Escolha (2) Escolhidos De Deus (10) Escravo por Amor (2) Esforço (1) Esperança (8) Espíritismo (1) Espirito Santo (27) Espirituais (35) Estudo da Bíblia (257) Estudo Livro de Romanos por John Piper (17) Estudo Livro de Rute por John Piper (5) Eternidade (10) Eu Não Consigo (1) Evangelho (76) Evangelho da Prosperidade (13) Evangelho do Reino (1) Evangelismo (5) Evangelizar pela Internet (7) Evolução (1) Exaltação (1) Êxodo (1) Exortação (3) Ezequiel (1) Falar em Linguas (3) Falsos Profetas(Enganação) (17) Família (16) Fariseus (3) (49) Felicidade (6) Festas do Mundo (1) Festas juninas(São João) (1) Fiél (3) Filmes Bíblicos (43) Finais dos Tempos (11) Força (1) Fruto (8) Futebol (1) Gálatas (1) George Müller (1) George Whitefield (2) Glória (44) Graça (47) Gratidão (3) Guerra (4) Hebreus (1) Heresias (3) Hernandes Lopes (110) Hinos (1) Homem (46) Homossexual (6) Honra (1) Humanismo (1) Humildade (9) Humilhado (8) Idolatria (12) Idoso (1) Ignorância (1) Igreja (79) Ímpios (1) Incentivo (1) Incredulidade (2) Inferno (8) Ingratidão (2) Inimigo (2) Inquisição Católica (1) Intercessão (1) Intercessor (1) Intervenção (9) Intimidade (1) Inutéis (1) Inveja (1) Ira (12) Isaías (1) J. C. Ryle (9) James M. Boice (1) Jejum (4) Jeremias (2) Jesus (88) (1) João (4) João Calvino (145) Jogos VIDEO GAMES (2) John Owen (15) John Pipper (587) John Stott (28) John Wesley (1) Jonathan Edwards (92) José (1) Joseph Murphy (1) Josué Yrion (8) Jovens (15) Julgamento (20) Justiça (2) Lave os pés dos seus irmãos Vá em busca dos perdidos e fale do amor de Deus (1) Leão da Tribo de Judá (1) Legalismo vs. Bem-Aventuranças (1) Leonard Ravenhill (52) Liberdade (10) Língua (5) Livre arbítrio (10) Livros (67) Louvor (4) Lutar (7) Maçonaria e Fé Cristã (1) Mãe (2) Mal (18) Maldições Hereditárias (3) Manifestações Absurdas (2) Marca da Besta (1) Mártires (5) Martyn Lloyd-Jones (173) Masturbação (2) Mateus (2) Maturidade (2) Médico dos Médicos (1) Medo (2) Mefibosete (1) Mensagens (372) Mentira (8) Milagres (2) Ministério (10) Misericórdia (13) Missão portas abertas (21) Missões (27) Missões Cristãos em Defesa do Evangelho (1) Monergismo (1) Morrendo (12) Morte (43) Morte de um ente querido que não era crente (1) Mulher (11) Mulheres pastoras (2) Mundanismo (3) Mundo (28) Murmuração (3) Músicas (38) Músicas nas Igrejas.Louvor (8) Namoro ou Ficar (12) Natal (4) Noiva de Cristo (2) Nosso Corpo (1) Novo convertido (10) Novo Nascimento (11) O Semeador (1) O Seu Chamado (13) Obediencia (8) Obras (15) Obreiros (2) Observador (2) Oração (67) Orgulho (10) Orgulho Espiritual (1) Orkut (1) Paciência (7) Pai (1) Pais e Filhos (21) Paixão (3) Paixão de Cristo (2) Parábola Filho Pródigo (2) Parábolas (9) participe do nosso grupo e curta nossa página! (1) Páscoa (1) Pastor (18) Paul Washer (216) Paulo Junior (239) Paz (4) Pecado (106) Pecadores (12) Pedofilia (2) Perdão (16) perse (1) Perseguição (13) Pobre (4) Poder (18) Por que tarda o pleno Avivamento? (3) Pornografia (8) Porque Deus permite o sofrimento dos inocentes (2) Porta Estreita (2) Pregação (24) PREGAÇÕES COMPLETAS INTRODUÇÃO ESCOLA DE OBREIROS (1) Profecias (3) Profetas (3) Prostituição (2) Provação (2) Provar o Evangelho Para Aqueles que Não acreditam Na Bíblia (1) Provérbios (1) Púlpito (3) Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma (1) R. C. Sproul (29) Realidade (1) Rebelde (1) Redes Sociais (2) Reencarnação (2) Refletindo Sobre Algumas coisas (1) Reforma e Reavivamento (1) Reforma Protestante (3) Refúgio (2) Regeneração (16) Rei (3) Relativismo (1) Religião (7) Renúncia (2) Ressuscitou (5) Revelação (1) Ricardo Gondim (1) Richard Baxter (7) Rico (12) Romanos (20) Roupas (1) Rupert Teixeira (4) Rute (5) Sabedoria (12) Sacrifício (3) Salvação (45) Sangue de Cristo (3) Santa Ceia (2) Santidade (34) Satanás (15) Secularismo (1) Segurança Completa (1) Seitas (3) Semente (1) Senhor (10) Sensualidade (2) Sermão da Montanha (2) Servos Especiais (4) Sexo (8) Sinais e Maravilhas (2) Soberba (1) Sofrimento (24) Sola Scriptura (1) Sola Scriptura Solus Christus Sola Gratia Sola Fide Soli Deo Gloria (4) Soldado (1) Sozinho (3) Steven Lawson (12) Submissão (1) Suicídio (2) Televisão um Perigo (8) Temor (4) Tempo (5) Tentação (9) Teologia (2) Teologia da Prosperidade (4) Tesouro que foi achado (4) Tessalonicenses 1 (1) Testemunhos (29) Thomas Watson (17) Tim Conway (38) Timóteo (1) Todo homem pois seja pronto para ouvir tardio para falar tardio para se irar Tiago 1.19 (1) Trabalho (2) Tragédia Realengo Rio de Janeiro (2) Traição (4) Transformados (1) Trevas e Luz (2) Tribulação (10) Trindade (2) Tristeza (5) Trono branco (2) Tsunami no Japão (2) tudo (231) Uma Semente de Amor para Russia (1) Unção (3) Ungir com Óleo (1) Vaidade (3) Vaso (2) Velho (1) Verdade (30) Vergonha (3) Vestimentas (1) Vícios (6) Vida (39) Vincent Cheung (1) Vitória (5) Vontade (1) Votação (1) Yoga (1)

Comentários:

Mensagem do Dia

O homem, cujo tesouro é o Senhor, tem todas as coisas concentradas nEle. Outros tesouros comuns talvez lhe sejam negados, mas mesmo que lhe seja permitido desfrutar deles, o usufruto de tais coisas será tão diluído que nunca é necessário à sua felicidade. E se lhe acontecer de vê-los desaparecer, um por um, provavelmente não experimentará sensação de perda, pois conta com a fonte, com a origem de todas as coisas, em Deus, em quem encontra toda satisfação, todo prazer e todo deleite. Não se importa com a perda, já que, em realidade nada perdeu, e possui tudo em uma pessoa Deus de maneira pura, legítima e eterna. A.W.Tozer

"A conversão tira o cristão do mundo; a santificação tira o mundo do cristão." JOHN WESLEY"

Minha foto

Darliana+ Missões Cristãos em Defesa do Evangelho+✿Apenas uma alma que foi resgatada através da graça e misericórdia de Deus,Dai de graça o que de graça recebeste' (Mt. 10,8). Latim para estar em consonância com as cinco teses que dão sustentação ao “pensamento”e à vida do genuíno cristão reformado: sola scriptura,sola gratia, sola fide,solus christus, soli deo gloria. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8 : 32) "Um cristão verdadeiro é uma pessoa estranha em todos os sentidos." Ele sente um amor supremo por alguém que ele nunca viu; conversa familiarmente todos os dias com alguém que não pode ver; espera ir para o céu pelos méritos de outro; esvazia-se para que possa estar cheio; admite estar errado para que possa ser declarado certo; desce para que possa ir para o alto; é mais forte quando ele é mais fraco; é mais rico quando é mais pobre; mais feliz quando se sente o pior. Ele morre para que possa viver; renuncia para que possa ter; doa para que possa manter; vê o invisível, ouve o inaudível e conhece o que excede todo o entendimento." A.W.Tozer✿

Postagens Populares

Bíblia OnLine - Leitura e Audio

Bíblia OnLine - Leitura e Audio
Alimentar-se da Palavra "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." (Hebreus 4 : 12).Erram por não conhecer as Escrituras, e nem o poder de Deus (Mateus 22.29)Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo. Apocalipse 1:3

Feed: Receba Atualizações Via Email

Coloque o seu endereço de email e receba atualizações e conteúdos exclusivos:

Cadastre seu E-mail.Obs.: Lembre-se de clicar no link de confirmação enviado ao seu e-mail.