Tradutor

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

25 de set de 2010

EDUCAÇÃO INTELIGENTE: “AMOREXIGENTE”

previna-se da marca


Este artigo é um pequeno resumo do livro escrito pelo casal Phyllis e David York Tedwachtel, que tem como objetivo orientar Pais e Filhos a conviver com respeito em sua busca por felicidade e paz.
“... ninguém consegue desnortear mais os pais que os próprios filhos. Temos consciência da verdade desta afirmação e fazemo-la a partir de nossa experiência, de nossa família em crise”.

Foi em razão dessa situação que se formou um pequeno grupo que recebeu o nome de
AMOREXIGENTE, e que deu origem a este livro, através do qual, hoje, no mundo inteiro, muitas pessoas vêm tendo a oportunidade de conhecer a estratégia e o método desenvolvido por eles para lidar com filhos, seja, somente por meio do livro, seja por intermédio de grupos de apoio já existentes em vários países.

Ao tentarmos ser perfeitos, tornamo-nos dementes. Ao aceitar nossa imperfeição, tentando fazer o melhor que podemos, diante das circunstâncias que nos envolvem, podemos nos manter mentalmente são.
Se pudermos perdoar nossos filhos pelos seus erros e pelas conseqüências destes, então também poderemos perdoar a nos mesmos, pois apesar de tudo, nós também somos seres humanos...
Um exemplo típico: O pai vê a filha batendo na amiga da escola. Temeroso que ela possa tornar-se mais agressiva dá-lhe uma palmada, e gritando, lhe diz: - Pare de bater! Quando ele percebe que amensagem que acabara de falar, é totalmente contraditória, começa a rir e isso deixa a criança ainda mais confusa. Situações como esta são muito comuns. “Entretanto, bastaria uma simples conversa entre pai e filha, mostrando o certo e o errado, com amor e paciência, e não com raiva, para se obter um efeito bem maior para a educação desta menina”.
Não iremos sugerir que as crianças não devam ter qualquer privacidade ou que seus pais devam violá-las indiscriminadamente, a todo o momento, impondo suas vontades, porém, estamos lembrando, aos pais que seguem suas intuições e sua inteligência, da melhor maneira possível, que eles 
TÊM TANTO O DIREITO COMO DEVER DE INTERVIR NOS ATOS DE SEUS FILHOS QUANDO ISSO SE FIZER NECESSÁRIO.
O tipo de relacionamento que existe entre pais e filhos é completamente diferente do modo de relacionamento entre o Governo e seus Cidadãos, que se encontra definido na Declaração de Direitos Humanos
Por exemplo: Se você tem o pressentimento de que uma correspondência CONTÉM ALGO IMPRÓPRIO, então você que tem O DIREITO E DO DEVER DE INTERVIR: A CRIANÇA OU ADOLESCENTE NÃO TEM O DIREITO DE ABRIR AS CORRESPONDENCIAS DE SEUS PAIS, NO ENTANTO, OS PAIS, EM SITUAÇÕES, TÊM O DIREITO E O DEVER DE FAZÊ-LO, POIS SÃO RESPONSAVEIS PELA VIDA DESSE FILHO OU DESSA FILHA.

OS ADOLESCENTES E SUAS TÉCNICAS:

I - A TÉCNICA DA “VÍTIMA PSICOLÓGICA” - Hoje finalmente, temos plena consciência do PODER DAS ‘VÍTIMAS’. Quando um adolescente INDICIPLINADO nos afirma: “Minha mãe me odiava, meu pai não prestava atenção em mim e meu próprio tio chegou a abusar de mim”, INDEPENDENTEMENTE dessas acusações serem fundamentadas ou não, antes de tudo,fazemos-lhe uma pergunta, uma única pergunta: “E COMO É VOCÊ SE VINGA DELES?”. 
O adolescente fica mudo e demora a responder, pois ele jamais esperaria um tipo de pergunta como esta.
Quer ele tenha, ou não, razões suficientes para manifestar um 
comportamento destrutivo, o adolescente faz suas escolhas e tem o poder de escolher determinados padrões de comportamento que tornarão a sua vida melhor ou pior.
O conceito de “
Vítima Psicológica” foi tão difundido em nossa cultura que também passou a integrar num grave problema social... Tudo é um jogo onde existem TRÊS PAPÉIS:

A VÍTIMA, O PERSEGUIDOR E O LIBERTADOR.

A VÍTIMA é uma pobre pessoa, injustamente acusada;O PERSEGUIDOR é aquele que acusa “injustamente” a pobre vítima;O LIBERTADOR é quem finalmente a salva.
Dessa maneira, 
o Libertador sempre será tido em alto apreço pela vítima.
II - A TÉCNICA DA “MENTIRA” - também constatamos que esses adolescentes eram capazes deMENTIR UNS PELOS OUTROS (amigos, colegas ou irmãos) e de combinar “histórias” para lograr os pais. Ex: Um deles, que costumava refugiar-se na residência de um amigo - fugindo assim às broncas e castigos de seus pais, alegava tentar evitar o deplorável comportamento deles. O “fiel” amigo diz à sua mãe, que vem acolhendo-o em sua casa: “Mamãe os pais dele são terríveis, estão sempre discutindo, e acabam descarregando toda a sua raiva nele”. Desejando ser uma boa “mamãe”, a anfitriã, condoída, abre as portas ao pequeno mentiroso sem dar ouvidos à grande mentira e sem jamais averiguar com os carrascos, de tão frágil e sofrida vítima, se existe alguma veracidade em todas as suas afirmações. Para ambos, deve ter sido muito hilariante ver como os pais são ingênuos. O isolamento dos adultos é o maior aliado de seus filhos. Eles são, aos seus próprios olhos, “Os Grandes Atores”.
Quando 
os pais de um adolescente, cujo comportamento esteja sendo socialmente inaceitável, ouvem os “conselhos de porta-de-escola”, os quais, provavelmente, nós mesmos já tenhamos ouvido – afirmando, com veemência, que devemos ser mais compreensivos e atentar mais para nossos filhos, ou que devemos ser mais razoáveis e não exigir absolutamente nada deles, as dimensões de seus problemas tornam-se ainda maiores e a GRAVIDADE DESSES PROBLEMAS INTENSIFICA-SE. Caso sigam conselhos como este, os pais estarão acentuando, ainda mais, O SENSO NÃO REALÍSTICO DE AUTO-IMPORTÂNCIA PESSOAL de que seus filhos estão padecendo, além de estarem encorajando comportamentos destrutivos, bem como, estimulando-os a desconsiderarem, ainda mais, as outras pessoasIII - A TÉCNICA DO “NEGOCIADOR” Neste tipo de situação, o ponto principal a ser considerado é que o adolescente de comportamento destrutivo é um “NEGOCIADOR DE MÁ FÉ”. Todos os seus interesses e valores estão sempre voltados para amigos, para os entorpecentes ou para todo e qualquer assunto ou fato que não diga respeito, pelo menos diretamente, à sua própria família.O lar é tido, apenas, como um lugar onde, eventualmente, ele pode se refugiar da vida...

A FAMÍLIA E O LAR NO PASSADO

A intimidade e a integridade familiar estavam associadas à prática de determinados ritos e conceitos tais como, por exemplo: “A família que ora unida permanece unida”.
As refeições em família são 
RITOS FAMILIARES nos quais se promoviam, mais freqüentemente, momentos de intimidade e diálogo. Esses rituais não só conferiam certa resistência e fortaleza à estrutura da família como, também, aumentavam, em proporção, o grau de proximidade entre seus membros.Os rituais eram sinais evidentes de unidade familiar, mas à medida que nossa cultura se modificou ao longo das últimas décadas, todo esse “ritualismo” habitual e costumeiro da família foi se tornando cada vez mais desprovido de significado, cada vez mais inexpressivo e vazio.

AO ABANDONAR NOSSOS RITUAIS,
TAMBÉM ABANDONAMOS NOSSA ESTRUTURA FAMILIAR E NOSSA INTIMIDADE FAMILIAR.

Queixamo-nos de que não dispomos de tempo para nós, nem para os outros, de que nossa família não tem quaisquer afazeres em comum. Porque não, tentar, de vez em quando, reunir toda a família e amigos dos filhos, para um bate-papo, “tipo Seção-pipoca”, assistindo um filme legal, ou fazendo um churrasquinho?
Quando a situação fica insustentável, temos que recorrer aos profissionais desta área, que trata dos
 “assuntos de adolescentes”. Um aviso: “ILUSÃO, PERDA DE TEMPO, E JOGAR DINHEIRO, NO LIXO”.ACUSAR é a atitude predominante entre muitos Profissionais da Justiça e da Assistência Social, e, até mesmo, de profissionais particulares.
O comportamento ultrajante de um adolescente faz com que ele se sinta 
“O DONO DA SITUAÇÃO”, conseguindo, assim, o seu objetivo:TORNAR-SE O ALVO DA ATENÇÃO DAQUELES PROFISSIONAIS enquanto que as teorias que os mesmos seguem e o tenham na conta como “UMA VÍTIMA, acabem desviando o foco de atenção da sua pessoa para as “Causas do Comportamento”“.
Detestamos ter que dizer que muitas vezes inúmeras famílias já recorreram aos profissionais da área de saúde mental, assistência social, autoridades encarregadas da vigilância de réus beneficiados pelo sursis, e muitos outros, e foram solicitados a permitir que este ou aquele profissional, desta ou de outra área, 
“possam antes conhece-los para que, depois, possam julga-los”.
Tal fato ocorre quando a família é encaminhada de um serviço para o outro, até que o comportamento do filho venha ser 
“DE ALÇADA LEGAL” e acabe ganhando tribunais...
Certos profissionais costumam afirmar que o adolescente necessita confiar e que não deve “sentir medo”, que tanto uma criança, como um adolescente, devem confiar no profissional que está trabalhando com ele, sem constrangimento.
E A CONFIANÇA DOS PAIS DESSA CRIANÇA OU ADOLESCENTE? 
E O QUE DIZER DAS AFIRMAÇÕES DESSES PAIS CONCERNENTES AO COMPORTAMENTO DOS FILHOS? 
NA RAIZ DO JULGAMENTO PROFISSIONAL, NÃO SE DÁ CRÉDITO ALGUM AOS PAIS, E JÁ TÊM FORMADA, COM DEMASIADA FREQÜÊNCIA, A OPINIÃO, QUE JÁ SE TORNOU PARA ELES UMA IDÉIA FIXA, DE QUE A CULPA PELO COMPORTAMENTO IRREGULAR DOS FILHOS CABE EXCLUSIVAMENTE AOS PAIS.

Não estamos exagerando ao AFIRMAR QUE MUITOS PROFISSIONAIS, seguros atrás de suas mesas, em suas confortáveis salas ou protegidos por balcões de atendimento, DELIBERADAMENTE SE ESQUECEM DE QUE ESTÃO DIANTE DE PAIS E MÃES VIVENDO SITUAÇÕES CRÍTICAS E MUITO GRAVES. A percepção dessas pessoas deve ser “extremamente acurada”, pois, consideram, com enorme freqüência, que o comportamento dos pais é “extremamente” “extravagante”, ou, até mesmo, “UM ABSURDO!!!”.
Porém, com toda a probabilidade, esse NÃO ERA o comportamento deles antes de seus filhos se modificarem ao ponto de se tornarem uma fonte inesgotável de preocupações e aborrecimentos
.
Ironicamente, entretanto, essa 
“NOVA CULTURA PSICO-SOCIAL” (à qual aderiram psicólogos, conselheiros tutelares, juízes e promotores) admite que exista, apenas, um sentido na relação de causa e efeito existente e IGNORA DELEIBERADAMENTE A PREPONDERANTE PARTICIPAÇÃO PAPEL DO MEIO EXTERNO NA GENESE DESSE DRAMA. (ou seja, a influencia negativa exercida sobre as crianças e os adolescentes PELO CONTEÚDO MALÉGICO E IMORAL DE MÚSICAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS, DE PROGRAMAS DE TELEVISÃO E FILMES DE CINEMA, BEM COMO, DOS NOVOS CURRÍCULOS ESCOLARES ONDE MATÉRIAS DE CUNHO IDEOLÓGICO E FILOSÓFICO INCUTEM-NOS MESMOS, IDÉIAS DE CARATER REVOLUCIONARIO. PARA NÃO FALAR, É CLARO, DAS MÁS COMPANHIAS, QUE, ATUALMENTE, TORNARAM-SE MAIORIA ENTRE ELES.). 
APESAR DE TUDO ISSO, SER DEMASIADAMENTE ÓBVIO, O “DIAGNÓSTICO” DE ROTINA DESSES PROFISSIONAIS É DIZER QUE: “REALMENTE SEUS PAIS O ESTRAGARAM”.
Eis uma explicação facilmente compreensível e muito convincente para o comportamento destrutivo e decadente de um adolescente, mas que, na realidade, não passa de uma mera 
OPNIÃO TEORICA, DA QUAL TAIS ESPECIALISTAS COMPARTILHAM COLETIVAMENTE, MAS CUJO CARÁTER É TENDENCIOSO E EQUIVOCADO.
Porém, esses psicólogos e psicoterapeutas, autoridades encarregadas, quer do Sistema Educacional, quer da correção, incluindo as Assistentes Sociais, e o Conselho Tutelar, assumindo um ar compenetrado e profissional, passam a desempenhar seus papeis ante uma platéia de pais com esperança de receber uma 
ORIENTAÇÃO CORRETA, VERDADEIRAMENTE CIENTÍFICA, ISENTA E PROFISSIONAL:
Então, calmamente, tais profissionais, impondo a si mesmos, pela própria posição que ocupam, 
E QUE LHES CONFERE PODERES QUE LHES PERMITE TOMAR QUAISQUER DECISÕES, SEM ANTES ANALISAR E APRECIAR, AMPLA E PROFUNDAMENTE, TODOS OS ASPECTOS E CIRCUNSTÂNCIAS QUE ENVOLVEM AQUELES SERES HUMANOS, que se encontram humildemente sentados do outro lado de suas mesas, ou seja, OS PAIS, que, na imensa maioria das vezes, são PESSOAS HONESTAS E TRABALHADORAS, que se encontram assustadas, emocionalmente perturbadas e desnorteadas, procurando, junto às instituições, alguma maneira de entender o porquê de tudo isso.
É aí que estes profissionais, fazendo ares de seriedade, preocupação e competência, 
MAS COM UMA CRUEL PARCIALIDADE, APLICAM CAPCIOSAMENTE, PRAZEIROSAMENTE E SEM A MENOR MISERICÓRDIAO “MÉTODO ROTINEIRAMENTE PRECONIZADO”, PELAS “AUTORIDADES” “COMPETENTES”, PARA SOLUCIONAR ESTE TIPO DE PROBLEMA. O RESULTADO, ENTRETANTO, É QUE, POR SE TRATAR DE UM EMARANHADO DE CONCEITOS PSEUDOCIENTÍFICOS, TAL MÉTODO NÃO VEM PRODUZINDO QUALQUER EFEITO BENÉFICO PARA A INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIAAO CONTRÁRIO DISSO, A INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIA, CERCADA POR TODOS OS LADOS E SOB ESTE ATAQUE CERRADO E MULTIDISCIPLINAR, ESTÁ COM SEUS DIAS CONTADOS, AVANÇANDO, “AOS EMPURRÕES” DESSES VÁRIOS AGENTES, EM DIREÇÃO AO SEU FIM. 
ESSA DISSOLUÇÃO PROGRAMADA DA INSTITUIÇÃO DA FAMÍLIA É NA VERDADE, UM PROJETO E UM IMPORTANTE OBJETIVO DOS PRÓPRIOS GOVERNANTES DO MUNDO, POIS FAZ PARTE DE SEUS MAIS ALTOS INTERESSES. PORTANTO...
NÃO CONFIE NOS CONSELHOS DE NENHUMA AUTORIDADE.
EU CONFIEI, E O CONSELHO RECEBIDO FOI:
- O ADOLESCENTE TEM O DIREITO DE FAZER O QUE ELE QUISER.

Eu perguntei: quer dizer que o LAR tornou-se um local somente para comer, usar maconha, roupa limpa? Virou um dormitório público e privado, ao mesmo tempo, onde os adolescentes podem fazer o que quiserem enquanto desfrutam de todo conforto, às custas dos seus pais? 
A resposta do promotor foi: – É isso mesmo, VOCÊ NÃO PODE FAZER NADA... ELE ESTÁ PROTEGIDO PELA LEI!1
E nós, pais? 
SOMOS OBRIGADOS A FICAR CALADOS, aceitar o pior, e permitir que nossos filhos “DOMINEM” A SITUAÇÃO DENTRO DO LAR, onde quem sustenta financeiramente somos nós, os pais, e como agravante, temos contra nós o fato de sermos aqueles que, judicialmente, são os responsáveis por todos os atos dos filhos.
Jamais devemos abrir mão do DIREITO DE EDUCAR NOSSOS FILHOS. Jamais podemos aceitar um comportamento destrutivo, ou aceitar as más companhias de adolescentes imorais e sem educação, nem, tampouco, podemos aceitar que nossos filhos sejam negligentes ou abandonem seus estudos. Juntamente com tudo isso, é preciso mostrar QUE ELES (OU ELAS) NÃO SÃO HÓSPEDES DE UM ALOJAMENTO DO CONSELHO TUTELAR E, SIM, MORADORES DE NOSSAS CASAS, e que, portanto, deverão começar a colaborar com a limpeza e higiene da casa: É NECESSÁRIO FAZER COM QUE ELES COMPREENDAM E ACEITEM QUE É INDISPENSÁVEL COOPERAR, ISTO É, DAR PARA RECEBER. E ISSO É FEITO ASSIM: FALHOU? NÃO RECEBE NADA!!! DEVEMOS DIZER “NÃO” AOS “MODERNOS” CONSELHOS A RESPEITO DE “ADAPTAÇÃO” QUE NOS VÊM SENDO DADOS PELOS ESPECIALISTAS DA ÁREA. No AMOREXIGENTE, muitas famílias se unem para dar apoio, outras vezes ficam com o jovem em sua casa, por um certo período de tempo, e são estabelecidas regras e, também, deveres, mantendo-se firme na questão de dinheiro: para receber eles devem ser obrigados a trabalhar.

Particularmente, passei por uma experiência em que o promotor de menores de minha cidade disse ao meu marido, que argumentava estar tentando impedir o convívio de meus filhos com usuários de drogas, e recebeu a seguinte resposta:
“- SE O SEU FILHO QUISER USAR DROGAS O SENHOR PODE IMPEDIR.”
E, ao replicar que impedir tal coisa seria, não apenas seu direito, mas seu DEVER, o promotor respondeu:
“-NÃO! O SENHOR NÃO PODE.”
Então a “lei” o está protegendo para que ele possa usar drogas? Disse, então, a ele:
“Então vamos esperar que o pior não aconteça, não é?”.
E o promotor limitou-se a “dar com os ombros”, querendo dizer: “É o jeito”.

A COOPERAÇÃO DENTRO DA FAMÍLIA:

Desincumbir-se de pequenas tarefas domésticas, é uma das maneiras de manter uma família, onde todos participam; COOPERAÇÃO requer de cada um, o seu afeto pela família. A RECUSA em desempenhar seu trabalho, quer pela negativa, quer pela negligencia, corresponde a umaSITUAÇÃO COMPETITIVA de ganhar ou perder, como uma rivalidade pessoal, e, tenha certeza: Ele (a) tentará esquivar-se da cooperação sempre que for possível. Esta é uma das ultimas tentativas de se ter uma convivência relativamente normal com os filhos, MAS, SE NÃO OBTER RESULTADO, SÓ RESTAM ESTAS ALTERNATIVAS:
1) SE O FILHO FOR MAIOR DE IDADE – Fazer sua mala, e só poderá voltar se estiver de acordo com as regras do lar. A INTENÇÃO AO MANTER-LO AFASTADO, É A DE REJEITAR APENAS AQUELA PARTE DELE QUE ESTÁ “DOENTE” OU QUE AGE DE MANEIRA “DOENTIA”.
Caso seu filho prefira vê-los como “pais punitivos”, que o faça, (embora ele já tenha punido seus próprios pais com seu comportamento).
Seu filho precisa aprender que não pode continuar a desrespeitá-lo, despreza-lo quando não o quer, e a querê-lo quando está precisando da sua ajuda2) SE O FILHO FOR MENOR DE IDADE – Caso seu filho seja menor de idade, procure a ajuda de um parente, ou de uma amiga bem próxima, explique o que está acontecendo e peça para que fique com ele por 15 dias, com rédeas curtas, que ela estará ajudando a formação correta da sua educação. Neste período os pais não deverão se comunicar com ele, até que, cumprido o referido prazo, estes devem procura-lo e dizer-lhe: “- Desejamos muito que você volte fazer parte da família,mas não da maneira como se comportava antes.”

Não podemos alcançar a perfeição. Se tentássemos, nada alcançaríamos, senão a própria insanidade. Porém não temos de aceitar um comportamento rebelde. Não devemos cruzar os nossos braços, na esperança de que esse comportamento cesse, ou que o passado volte. Podemos agir aqui e agora para erradicar tal comportamento.
Não podemos fazer que o adolescente faça de seu comportamento adequado uma constante. 
Tal decisão cabe a ele. Mas podemos, por nós mesmos, fazer com que amor exigente seja uma constante na vida de nossos filhos: Tal decisão cabe a nós.

MUITA ATENÇÃO:

previna-se da marca

O OBJETIVO DO AMOREXIGENTE

Reconciliar-se também significa não estarmos mais dispostos a SERMOS OBJETO DAS MANIPULAÇÕES DE NOSSOS FILHOS OU FILHAS. Não estaremos mais sendo MANIPULADOS SE CONSEGUIRMOS:

• Estabelecer nossos limites e fazer com que estes sejam respeitados;
• Manter contato com a escola, direção, orientadores, pais de outros alunos;
• Colocar um fim à necessidade de confiar em nossos filhos;
• Verificar como reagimos diante do nosso filho, ouvindo pessoas que nos conhecem e à nossa situação;
• Admitir e, sobretudo, aceitar o fato de ter sido manipulados;
• Despir-nos de um falso orgulho paternal ou maternal
• Deixar de nos odiar e passar a nos aceitar como realmente somos (PAIS).

FIQUE ALERTA!!!

previna-se da marca
Bibliografia - livro: AMOREXIGENTE
Por: Phyllis e David York Tedwachtel
Edições Loyola – SP
“DESEJO A TODA FAMÍLIA, QUE ESTEJA ENFRENTANDO ALGO PARECIDO, NÃO PERCA A ESPERANÇA, A FÉ, PRINCIPALMENTE PORQUE TEMOS UM ADVOGADO CHAMADO JESUS CRISTO, NELE EU CONFIO E ENTREGO A VIDA DE MINHA FAMÍLIA EM SUAS MÃOS, TENHA SEMPRE MUITA FÉ, ESPERANÇA E AMOR EM NOSSO SENHOR JESUS”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

(I Pedro 5:8) (1) 1 Coríntios (3) 1 Pedro (1) 1Pedro (1) 2 Pedro (2) A (1) A palavra da Cruz é Loucura (3) A Parábola do Rico e Lázaro (1) a Semente e os Solos (1) A Volta de Jesus (4) A. W. Tozer (36) A.W Pink (2) Abandonado (1) Aborto (9) Adoração (18) Agostinho (1) Aids (1) Alegria (22) Aliança (1) Alívio (1) Almas (17) Amarás o Próximo (1) Amargura (1) Amém (3) Amizade (5) Amor (70) Anátema (1) Angústia (2) Animais (1) Anjos (3) Anorexia (1) Ansiedade (5) Anticristo (2) Antidepressivo (1) Antigo Testamento (1) Apocalipse (10) Apostasia (5) Apóstolo Paulo (4) Arca de noé (2) Arrebatamento (3) Arrependimento (22) Arrogância (1) Arthur W. Pink (5) As Igrejas de todos os Tipos e para todos os Gostos (1) Ateísmo (4) Ateus (5) Augustus Nicodemus (2) Autoridade (4) Avareza (1) Aviso (2) Avivamento (10) Batalha Espiritual (7) Batismo (4) Bebida Alcóolica (1) Benção (2) Bíblia (49) Boas Novas (1) Bullying (1) Cálice (2) Calvinismo (2) Campanhas no Facebook (1) Cansado (1) Caráter (4) Carnal (1) Carnaval (2) Carne (11) Carta de Deus e do Inferno (2) Carter Conlon (1) Casamento (32) Castigo (1) Catolicismo.Religiao (1) Céu (14) Chamados ao primeiro amor (5) Charles Haddon Spurgeon (274) Cigarro (1) Circo ou Igreja? (1) Cirurgia Plástica (1) Citações Redes Sociais (2) Clodoaldo Machado (1) Cobiça (1) Comunhão (4) Comunidade no Orkut (1) Conhecendo as Histórias da Bíblia (1) Conhecimento (2) Consciência (2) Consolador (3) Copa do Mundo (1) Coração (31) Coragem (4) Corra (1) Corrompidos (1) Cosmovisão Cristã (1) Crer em Jesus (3) Criação (3) Criança (7) Cristãos (60) Cristianismo (19) Cristo (85) Crucificaram (1) Cruz (29) Culto (2) Cultura (4) Cura (6) David Wilkerson (43) Demônio (4) Dennis Allan (23) Denominações (1) Dependência (2) Depravação Humana (11) Depressão (6) Desanimado e fraco (11) Descanso (1) Desejo (1) Desenhos para Crianças (9) Deserto (1) Desigrejados (1) Desonra (1) Desprezado e Rejeitado (3) Desviado (5) Deus (328) Devoção (1) Diabo (9) Dinheiro (11) Discernimento (1) Discipulado (7) Discípulos Verdadeiros (4) Divórcio (9) Divulgue esse Blog (2) Dízimos e Ofertas (3) Dons Espirituais (1) Dor (6) Dores de Parto (1) Doutrinas (5) Dr J.R (1) Drogas (1) Dúvidas (1) Eclesiastes (1) Ego (1) Enganados (1) Envelhecer com Deus (1) Equilibrio (1) Errando (2) Escolha (2) Escolhidos De Deus (10) Escravo por Amor (2) Esforço (1) Esperança (8) Espíritismo (1) Espirito Santo (27) Espirituais (35) Estudo da Bíblia (257) Estudo Livro de Romanos por John Piper (17) Estudo Livro de Rute por John Piper (5) Eternidade (10) Eu Não Consigo (1) Evangelho (76) Evangelho da Prosperidade (13) Evangelho do Reino (1) Evangelismo (5) Evangelizar pela Internet (7) Evolução (1) Exaltação (1) Êxodo (1) Exortação (3) Ezequiel (1) Falar em Linguas (3) Falsos Profetas(Enganação) (17) Família (16) Fariseus (3) (49) Felicidade (6) Festas do Mundo (1) Festas juninas(São João) (1) Fiél (3) Filmes Bíblicos (43) Finais dos Tempos (11) Força (1) Fruto (8) Futebol (1) Gálatas (1) George Müller (1) George Whitefield (2) Glória (44) Graça (47) Gratidão (3) Guerra (4) Hebreus (1) Heresias (3) Hernandes Lopes (110) Hinos (1) Homem (46) Homossexual (6) Honra (1) Humanismo (1) Humildade (9) Humilhado (8) Idolatria (12) Idoso (1) Ignorância (1) Igreja (79) Ímpios (1) Incentivo (1) Incredulidade (2) Inferno (8) Ingratidão (2) Inimigo (2) Inquisição Católica (1) Intercessão (1) Intercessor (1) Intervenção (9) Intimidade (1) Inutéis (1) Inveja (1) Ira (12) Isaías (1) J. C. Ryle (9) James M. Boice (1) Jejum (4) Jeremias (2) Jesus (88) (1) João (4) João Calvino (145) Jogos VIDEO GAMES (2) John Owen (15) John Pipper (587) John Stott (28) John Wesley (1) Jonathan Edwards (92) José (1) Joseph Murphy (1) Josué Yrion (8) Jovens (15) Julgamento (20) Justiça (2) Lave os pés dos seus irmãos Vá em busca dos perdidos e fale do amor de Deus (1) Leão da Tribo de Judá (1) Legalismo vs. Bem-Aventuranças (1) Leonard Ravenhill (52) Liberdade (10) Língua (5) Livre arbítrio (10) Livros (67) Louvor (4) Lutar (7) Maçonaria e Fé Cristã (1) Mãe (2) Mal (18) Maldições Hereditárias (3) Manifestações Absurdas (2) Marca da Besta (1) Mártires (5) Martyn Lloyd-Jones (173) Masturbação (2) Mateus (2) Maturidade (2) Médico dos Médicos (1) Medo (2) Mefibosete (1) Mensagens (372) Mentira (8) Milagres (2) Ministério (10) Misericórdia (13) Missão portas abertas (21) Missões (27) Missões Cristãos em Defesa do Evangelho (1) Monergismo (1) Morrendo (12) Morte (43) Morte de um ente querido que não era crente (1) Mulher (11) Mulheres pastoras (2) Mundanismo (3) Mundo (28) Murmuração (3) Músicas (38) Músicas nas Igrejas.Louvor (8) Namoro ou Ficar (12) Natal (4) Noiva de Cristo (2) Nosso Corpo (1) Novo convertido (10) Novo Nascimento (11) O Semeador (1) O Seu Chamado (13) Obediencia (8) Obras (15) Obreiros (2) Observador (2) Oração (67) Orgulho (10) Orgulho Espiritual (1) Orkut (1) Paciência (7) Pai (1) Pais e Filhos (21) Paixão (3) Paixão de Cristo (2) Parábola Filho Pródigo (2) Parábolas (9) participe do nosso grupo e curta nossa página! (1) Páscoa (1) Pastor (18) Paul Washer (216) Paulo Junior (239) Paz (4) Pecado (106) Pecadores (12) Pedofilia (2) Perdão (16) perse (1) Perseguição (13) Pobre (4) Poder (18) Por que tarda o pleno Avivamento? (3) Pornografia (8) Porque Deus permite o sofrimento dos inocentes (2) Porta Estreita (2) Pregação (24) PREGAÇÕES COMPLETAS INTRODUÇÃO ESCOLA DE OBREIROS (1) Profecias (3) Profetas (3) Prostituição (2) Provação (2) Provar o Evangelho Para Aqueles que Não acreditam Na Bíblia (1) Provérbios (1) Púlpito (3) Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma (1) R. C. Sproul (29) Realidade (1) Rebelde (1) Redes Sociais (2) Reencarnação (2) Refletindo Sobre Algumas coisas (1) Reforma e Reavivamento (1) Reforma Protestante (3) Refúgio (2) Regeneração (16) Rei (3) Relativismo (1) Religião (7) Renúncia (2) Ressuscitou (5) Revelação (1) Ricardo Gondim (1) Richard Baxter (7) Rico (12) Romanos (20) Roupas (1) Rupert Teixeira (4) Rute (5) Sabedoria (12) Sacrifício (3) Salvação (45) Sangue de Cristo (3) Santa Ceia (2) Santidade (34) Satanás (15) Secularismo (1) Segurança Completa (1) Seitas (3) Semente (1) Senhor (10) Sensualidade (2) Sermão da Montanha (2) Servos Especiais (4) Sexo (8) Sinais e Maravilhas (2) Soberba (1) Sofrimento (24) Sola Scriptura (1) Sola Scriptura Solus Christus Sola Gratia Sola Fide Soli Deo Gloria (4) Soldado (1) Sozinho (3) Steven Lawson (12) Submissão (1) Suicídio (2) Televisão um Perigo (8) Temor (4) Tempo (5) Tentação (9) Teologia (2) Teologia da Prosperidade (4) Tesouro que foi achado (4) Tessalonicenses 1 (1) Testemunhos (29) Thomas Watson (17) Tim Conway (38) Timóteo (1) Todo homem pois seja pronto para ouvir tardio para falar tardio para se irar Tiago 1.19 (1) Trabalho (2) Tragédia Realengo Rio de Janeiro (2) Traição (4) Transformados (1) Trevas e Luz (2) Tribulação (10) Trindade (2) Tristeza (5) Trono branco (2) Tsunami no Japão (2) tudo (231) Uma Semente de Amor para Russia (1) Unção (3) Ungir com Óleo (1) Vaidade (3) Vaso (2) Velho (1) Verdade (30) Vergonha (3) Vestimentas (1) Vícios (6) Vida (39) Vincent Cheung (1) Vitória (5) Vontade (1) Votação (1) Yoga (1)

Comentários:

Mensagem do Dia

O homem, cujo tesouro é o Senhor, tem todas as coisas concentradas nEle. Outros tesouros comuns talvez lhe sejam negados, mas mesmo que lhe seja permitido desfrutar deles, o usufruto de tais coisas será tão diluído que nunca é necessário à sua felicidade. E se lhe acontecer de vê-los desaparecer, um por um, provavelmente não experimentará sensação de perda, pois conta com a fonte, com a origem de todas as coisas, em Deus, em quem encontra toda satisfação, todo prazer e todo deleite. Não se importa com a perda, já que, em realidade nada perdeu, e possui tudo em uma pessoa Deus de maneira pura, legítima e eterna. A.W.Tozer

"A conversão tira o cristão do mundo; a santificação tira o mundo do cristão." JOHN WESLEY"

Minha foto

Darliana+ Missões Cristãos em Defesa do Evangelho+✿Apenas uma alma que foi resgatada através da graça e misericórdia de Deus,Dai de graça o que de graça recebeste' (Mt. 10,8). Latim para estar em consonância com as cinco teses que dão sustentação ao “pensamento”e à vida do genuíno cristão reformado: sola scriptura,sola gratia, sola fide,solus christus, soli deo gloria. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8 : 32) "Um cristão verdadeiro é uma pessoa estranha em todos os sentidos." Ele sente um amor supremo por alguém que ele nunca viu; conversa familiarmente todos os dias com alguém que não pode ver; espera ir para o céu pelos méritos de outro; esvazia-se para que possa estar cheio; admite estar errado para que possa ser declarado certo; desce para que possa ir para o alto; é mais forte quando ele é mais fraco; é mais rico quando é mais pobre; mais feliz quando se sente o pior. Ele morre para que possa viver; renuncia para que possa ter; doa para que possa manter; vê o invisível, ouve o inaudível e conhece o que excede todo o entendimento." A.W.Tozer✿

Postagens Populares

Bíblia OnLine - Leitura e Audio

Bíblia OnLine - Leitura e Audio
Alimentar-se da Palavra "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." (Hebreus 4 : 12).Erram por não conhecer as Escrituras, e nem o poder de Deus (Mateus 22.29)Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo. Apocalipse 1:3

Feed: Receba Atualizações Via Email

Coloque o seu endereço de email e receba atualizações e conteúdos exclusivos:

Cadastre seu E-mail.Obs.: Lembre-se de clicar no link de confirmação enviado ao seu e-mail.