Tradutor

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

7 de set de 2010

Capítulo 14 A Graça de Deus II

http://www.yaveraah.com.br/biblia%20estudando.jpg

No capítulo precedente, demos diversas definições harmoniosas sobre a graça por vários autores, e acrescentamos a nossa de maneira a esclarecer-lhe o significado. Neste capítulo nosso objetivo é mostrar aos nossos leitores os vários aspectos da graça. Onde quer que a graça opere, ela tem um trono e é sobre ele que escreveremos:
O REINO DA GRAÇA
"Para que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor". Romanos 5:21. Paulo personifica Pecado e Graça, e fala deles como duas figuras reais... dois reis sobre seus tronos. Depois mostra o que cada Palavra dá aos seus súditos. O pecado tem a morte em sua mão manchada, ao passo que a graça tem a vida nas mãos.
1. A graça é mais poderosa que o pecado. Aqui jaz a única consolação do pecador, ainda que ele não reconheça tal fato, até ser despertado pelo Espírito. Não há quem se livre da tirania do pecado. O pecado é demais para as forças humanas. Os homens são levados cativos por Satanás. 2 Timóteo 2:26. Os homens podem se reformar, mas não se regenerem a si mesmos. Eles podem deixar seus crimes e vícios, mas nunca seu pecado. "Porventura pode o etíope mudar a sua pele, ou o leopardo as suas manchas? Então podereis vós fazer o bem, sendo ensinados a fazer o mal". Jeremias 13:23.
2. A graça reina em retidão. Seu reino é de perfeição. A graça não é contra a lei. A graça não procura destruir a justiça; isto seria dividir Deus contra Si mesmo. A graça respeita a lei quando dá Cristo nosso Senhor que satisfaz a lei tornando-Se nosso penhor, tomando sobre Si a culpa de nossos pecados e levando-as ao madeiro. Deus tratou com Seu Filho em justiça, para que pudesse tratar com o pecador em misericórdia e graça.
3. A graça reina por Jesus Cristo, nosso Senhor. Cristo não é a fonte, mas o meio da graça. A graça tem sua fonte no coração de Deus, e opera de acordo com a soberana vontade de Deus. A palavra reinar, sugere a idéia de um rei ou de uma rainha sobre um trono. E um trono fala de poder e recursos. O poder da graça é o poder de Deus. Assim é próprio falarmos da graça irresistível. E certamente podemos falar de um Deus irresistível. Os recursos da graça são encontrados em Deus. O sangue de Cristo é o fundamento da graça. Quando Seu sangue perder o valor, a graça vai à falência e o crente estará perdido. Mas isto jamais acontecerá!
"Há poder, sim, força sem igual, Só no sangue de Jesus!"
4. A graça reina em cada fase e a cada passo da salvação. A graça de Deus salva e protege até o final. A salvação é um termo compreensível que abrange todos os aspectos e períodos da libertação do homem de seus pecados. Cada aspecto e cada instante da salvação é pela graça, e isto exclui os méritos humanos em cada aspecto e passo. A salvação é do início ao fim, uma obra da graça.
A. A graça reina na presciência. A primeira obra de Deus para com Seu povo foi a de conhecê-los de antemão. Em Sua presciência Ele colocou sobre eles o seu amor. Ele os conheceu de antemão com o intento de abençoá-los. Ele os amou com amor eterno, e este amor foi um amor gracioso e, de maneira alguma merecido.
B. A graça reina na eleição. A eleição é pela graça. Romanos 11:5. A eleição não foi feita tendo como base o mérito previsto em nós pecadores, pelo contrário, ela é baseada no amor gracioso de Deus!. Em 2 Tessalonicenses 2:13, Paulo fala sobre os que perecem por não haverem recebido o amor da verdade, para que fossem salvos; e em seguida fala sobre os santos: "Mas devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados do Senhor, por vos ter Deus elegido desde o princípio para a salvação, em santificação do Espírito, e fé da verdade". Neste texto encontramos duas coisas: primeiro, por que os homens são salvos; segundo, como os homens são salvos. A Bíblia diz que são salvos, porque Deus os escolheu para a salvação. E são salvos pela santificação do Espírito Santo e por crerem na verdade, a verdade do Evangelho. É isto que os diferencia dos que perecem: "pois não receberam o amor da verdade". Se não fosse a escolha de Deus e a santificação do Espírito, os tessalonicenses, teriam também rejeitado a verdade. Portanto, devemos dar graças pela Sua salvação. Agora, por que Deus os escolheu? Será que a base de Deus para esta escolha foi a fé prevista destes, ou algum bem neles? Ou será que foi graça da Sua parte? Romanos 11:5-6 nos dá a resposta: "Assim, pois, também agora neste tempo ficou um remanescente, segundo a eleição da graça. Mas se é por graça, já não é pelas obras".
C. A graça reina na predestinação. Predestinar é determinar o destino de antemão. Nunca se fala sobre predestinação á condenação, mas sempre se refere à salvação. Deus não é a causa de ser algum sofrer a condenação; o pecado é que condena o homem. Mas Deus é a causa de Salvação. A Bíblia diz que aos que antes conheceu, Deus os predestinou para serem conformes a imagem de Filho de Deus. Romanos 8:29. Qual seria a causa da predestinação a tal glória? Seria ela a fé ou bondade prevista nos homens? Em Efésios 1:5-6, temos a resposta: "E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade. Para louvor e glória da sua graça, pelo qual nos fez agradáveis no amado".
D. A graça reina em nosso chamado. "E aos que predestinou a estes também chamou". Romanos 8:30. A palavra "chamado" no N. T. nunca aplica-se aos recipientes dum simples convite externo ao Evangelho. Ela sempre indica um chamado interno e eficaz... um chamado que nos leva a Cristo e a salvação. E este chamado é pela graça de acordo com 2 Timóteo 1:9: "Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação, não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos". E em Gálatas 1:15, Paulo diz que Deus o chamou pela Sua graça.
E. A graça reina na justificação. Pode-se definir justificação como o ato judicial de Deus no qual Ele declara o crente a não estar mais debaixo da condenação, mas como reto diante dEle. A justificação e condenação são anônimos. O justo é liberto da culpa do pecado. Esta bênção é fruto de mérito ou de graça? Romanos 3:24, diz: "Sendo justificados gratuitamente (sem méritos próprios, C. D. Cole) pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus".
F. A graça reina na conversão. Na conversão, efetua-se uma transformação no pecador. Há uma mudança de trevas para luz, de morte para vida e do poder satânico para poder divino. Há uma mudança de opinião e ele crê no que antes rejeitava; mudança nas afeições, e agora ama ao que antes odiava. Qual é a explicação para tal fato? Pode o pecador transforma-se a si mesmo? Podem as trevas gerar luz? Ou a morte criar vida? Pode o sujo transformar-se em pureza? Então, e só então, poderá o pecador converter-se a si mesmo. Se Deus é quem converte o pecador, será isto por obrigação ou pela graça? Paulo dá o crédito de sua salvação à graça. Depois de mencionar como era perseguidor da igreja, ele diz: "Pela graça de Deus, eu sou o que sou".
G. A graça reina na glorificação. "e aos que justificou a estes também glorificou". A glorificação é o livramento completo de todo aspecto do pecado e de qualquer vestígio dele. É a obra coroadora da redenção pela qual somos pessoalmente glorificados e postos num ambiente de glória. Ela inclui tanto a alma quanto o corpo. Nossa salvação não é completa enquanto estes corpos estiverem na sepultura, ou se vivos, continuarem mortais. Ainda que o tempo enrugue e as tristezas envelheçam as faces com lágrimas, e doenças e dores mutilem o corpo; e ainda que morte transforme em pó; a graça ganhará para nós um novo corpo o qual será modelado à semelhança da perfeição de Deus. "Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo". 1 Pedro 1:13. "Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando Ele se manifestar, seremos semelhantes a Ele; porque assim como é o veremos". 1 João 3:2.
PROVISÕES DA GRAÇA
A graça, como o bom samaritano, não somente satisfaz na emergência do presente, mas provê para as bênçãos futuras e eternas. Que o pecador constrangido possa saber que as provisões da graça em Jesus Cristo são amplas. Cada um que sentir a praga de seu próprio coração pode vir a Cristo para ser curado. Ele convida a todos, e a todos dá seu bem-vindo. Escute Suas palavras: "o que vem a mim de maneira alguma o lançarei fora". João 6:37. Ainda que ímpio como Manassés, imundo como Madalena, culpado como o ladrão na cruz, Ele não lançará fora os pobres de espírito. Ele não manda embora o verdadeiro mendigo que bate à Sua porta, seja qual for a sua iniqüidade e impureza. Seu coração é revestido de doce compaixão e Suas mãos estão cheias das mais ricas dádivas. Ele tem providências para todas as necessidades: pernas para o mendigo aleijado, olhos para o cego, vigor para o esmorecido, vestes para o que está nu, uma fonte de água para o imundo. Sim, e uma corda para o mendigo falso que clama por misericórdia, mas, fala de méritos. "Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal". 1Timóteo 1:15.
O fundamento da fé para o santo do Senhor é Sua palavra, e seu refúgio é Cristo Jesus.
A GRAÇA DE DEUS É MULTIFORME
Existe a graça que sustém nos tempos de tristeza, a graça triunfante nas horas de tentação, a graça perseverante nos dias de desencorajamento. Há a graça que ensina, a graça para viver e a graça para morrer. Mas tempo e papel me faltariam para falar do pecado de frustrar a graça, o qual vem com o ensino de salvação pelas obras, e de abusar da graça, quando alguns transformam a graça de Deus, em lascívia, usando-a como desculpa para pecar. A graça livrou cada crente da culpa do pecado, do amor pelo pecado e um dia livrá-lo-á da presença do pecado. Até o dia quando o Senhor retornar para completar Sua obra da graça, todo crente provará, como o apóstolo Paulo, das obras internas do pecado, e confessará com ele, que "o que aborreço isso faço". Romanos 7:15.

Autor: C. D. Cole
Revisão 2004: David A Zuhars Jr

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

(I Pedro 5:8) (1) 1 Coríntios (3) 1 Pedro (1) 1Pedro (1) 2 Pedro (2) A (1) A palavra da Cruz é Loucura (3) A Parábola do Rico e Lázaro (1) a Semente e os Solos (1) A Volta de Jesus (4) A. W. Tozer (36) A.W Pink (2) Abandonado (1) Aborto (9) Adoração (18) Agostinho (1) Aids (1) Alegria (22) Aliança (1) Alívio (1) Almas (17) Amarás o Próximo (1) Amargura (1) Amém (3) Amizade (5) Amor (70) Anátema (1) Angústia (2) Animais (1) Anjos (3) Anorexia (1) Ansiedade (5) Anticristo (2) Antidepressivo (1) Antigo Testamento (1) Apocalipse (10) Apostasia (5) Apóstolo Paulo (4) Arca de noé (2) Arrebatamento (3) Arrependimento (22) Arrogância (1) Arthur W. Pink (5) As Igrejas de todos os Tipos e para todos os Gostos (1) Ateísmo (4) Ateus (5) Augustus Nicodemus (2) Autoridade (4) Avareza (1) Aviso (2) Avivamento (10) Batalha Espiritual (7) Batismo (4) Bebida Alcóolica (1) Benção (2) Bíblia (49) Boas Novas (1) Bullying (1) Cálice (2) Calvinismo (2) Campanhas no Facebook (1) Cansado (1) Caráter (4) Carnal (1) Carnaval (2) Carne (11) Carta de Deus e do Inferno (2) Carter Conlon (1) Casamento (32) Castigo (1) Catolicismo.Religiao (1) Céu (14) Chamados ao primeiro amor (5) Charles Haddon Spurgeon (274) Cigarro (1) Circo ou Igreja? (1) Cirurgia Plástica (1) Citações Redes Sociais (2) Clodoaldo Machado (1) Cobiça (1) Comunhão (4) Comunidade no Orkut (1) Conhecendo as Histórias da Bíblia (1) Conhecimento (2) Consciência (2) Consolador (3) Copa do Mundo (1) Coração (31) Coragem (4) Corra (1) Corrompidos (1) Cosmovisão Cristã (1) Crer em Jesus (3) Criação (3) Criança (7) Cristãos (60) Cristianismo (19) Cristo (85) Crucificaram (1) Cruz (29) Culto (2) Cultura (4) Cura (6) David Wilkerson (43) Demônio (4) Dennis Allan (23) Denominações (1) Dependência (2) Depravação Humana (11) Depressão (6) Desanimado e fraco (11) Descanso (1) Desejo (1) Desenhos para Crianças (9) Deserto (1) Desigrejados (1) Desonra (1) Desprezado e Rejeitado (3) Desviado (5) Deus (328) Devoção (1) Diabo (9) Dinheiro (11) Discernimento (1) Discipulado (7) Discípulos Verdadeiros (4) Divórcio (9) Divulgue esse Blog (2) Dízimos e Ofertas (3) Dons Espirituais (1) Dor (6) Dores de Parto (1) Doutrinas (5) Dr J.R (1) Drogas (1) Dúvidas (1) Eclesiastes (1) Ego (1) Enganados (1) Envelhecer com Deus (1) Equilibrio (1) Errando (2) Escolha (2) Escolhidos De Deus (10) Escravo por Amor (2) Esforço (1) Esperança (8) Espíritismo (1) Espirito Santo (27) Espirituais (35) Estudo da Bíblia (257) Estudo Livro de Romanos por John Piper (17) Estudo Livro de Rute por John Piper (5) Eternidade (10) Eu Não Consigo (1) Evangelho (76) Evangelho da Prosperidade (13) Evangelho do Reino (1) Evangelismo (5) Evangelizar pela Internet (7) Evolução (1) Exaltação (1) Êxodo (1) Exortação (3) Ezequiel (1) Falar em Linguas (3) Falsos Profetas(Enganação) (17) Família (16) Fariseus (3) (49) Felicidade (6) Festas do Mundo (1) Festas juninas(São João) (1) Fiél (3) Filmes Bíblicos (43) Finais dos Tempos (11) Força (1) Fruto (8) Futebol (1) Gálatas (1) George Müller (1) George Whitefield (2) Glória (44) Graça (47) Gratidão (3) Guerra (4) Hebreus (1) Heresias (3) Hernandes Lopes (110) Hinos (1) Homem (46) Homossexual (6) Honra (1) Humanismo (1) Humildade (9) Humilhado (8) Idolatria (12) Idoso (1) Ignorância (1) Igreja (79) Ímpios (1) Incentivo (1) Incredulidade (2) Inferno (8) Ingratidão (2) Inimigo (2) Inquisição Católica (1) Intercessão (1) Intercessor (1) Intervenção (9) Intimidade (1) Inutéis (1) Inveja (1) Ira (12) Isaías (1) J. C. Ryle (9) James M. Boice (1) Jejum (4) Jeremias (2) Jesus (88) (1) João (4) João Calvino (145) Jogos VIDEO GAMES (2) John Owen (15) John Pipper (587) John Stott (28) John Wesley (1) Jonathan Edwards (92) José (1) Joseph Murphy (1) Josué Yrion (8) Jovens (15) Julgamento (20) Justiça (2) Lave os pés dos seus irmãos Vá em busca dos perdidos e fale do amor de Deus (1) Leão da Tribo de Judá (1) Legalismo vs. Bem-Aventuranças (1) Leonard Ravenhill (52) Liberdade (10) Língua (5) Livre arbítrio (10) Livros (67) Louvor (4) Lutar (7) Maçonaria e Fé Cristã (1) Mãe (2) Mal (18) Maldições Hereditárias (3) Manifestações Absurdas (2) Marca da Besta (1) Mártires (5) Martyn Lloyd-Jones (173) Masturbação (2) Mateus (2) Maturidade (2) Médico dos Médicos (1) Medo (2) Mefibosete (1) Mensagens (372) Mentira (8) Milagres (2) Ministério (10) Misericórdia (13) Missão portas abertas (21) Missões (27) Missões Cristãos em Defesa do Evangelho (1) Monergismo (1) Morrendo (12) Morte (43) Morte de um ente querido que não era crente (1) Mulher (11) Mulheres pastoras (2) Mundanismo (3) Mundo (28) Murmuração (3) Músicas (38) Músicas nas Igrejas.Louvor (8) Namoro ou Ficar (12) Natal (4) Noiva de Cristo (2) Nosso Corpo (1) Novo convertido (10) Novo Nascimento (11) O Semeador (1) O Seu Chamado (13) Obediencia (8) Obras (15) Obreiros (2) Observador (2) Oração (67) Orgulho (10) Orgulho Espiritual (1) Orkut (1) Paciência (7) Pai (1) Pais e Filhos (21) Paixão (3) Paixão de Cristo (2) Parábola Filho Pródigo (2) Parábolas (9) participe do nosso grupo e curta nossa página! (1) Páscoa (1) Pastor (18) Paul Washer (216) Paulo Junior (239) Paz (4) Pecado (106) Pecadores (12) Pedofilia (2) Perdão (16) perse (1) Perseguição (13) Pobre (4) Poder (18) Por que tarda o pleno Avivamento? (3) Pornografia (8) Porque Deus permite o sofrimento dos inocentes (2) Porta Estreita (2) Pregação (24) PREGAÇÕES COMPLETAS INTRODUÇÃO ESCOLA DE OBREIROS (1) Profecias (3) Profetas (3) Prostituição (2) Provação (2) Provar o Evangelho Para Aqueles que Não acreditam Na Bíblia (1) Provérbios (1) Púlpito (3) Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma (1) R. C. Sproul (29) Realidade (1) Rebelde (1) Redes Sociais (2) Reencarnação (2) Refletindo Sobre Algumas coisas (1) Reforma e Reavivamento (1) Reforma Protestante (3) Refúgio (2) Regeneração (16) Rei (3) Relativismo (1) Religião (7) Renúncia (2) Ressuscitou (5) Revelação (1) Ricardo Gondim (1) Richard Baxter (7) Rico (12) Romanos (20) Roupas (1) Rupert Teixeira (4) Rute (5) Sabedoria (12) Sacrifício (3) Salvação (45) Sangue de Cristo (3) Santa Ceia (2) Santidade (34) Satanás (15) Secularismo (1) Segurança Completa (1) Seitas (3) Semente (1) Senhor (10) Sensualidade (2) Sermão da Montanha (2) Servos Especiais (4) Sexo (8) Sinais e Maravilhas (2) Soberba (1) Sofrimento (24) Sola Scriptura (1) Sola Scriptura Solus Christus Sola Gratia Sola Fide Soli Deo Gloria (4) Soldado (1) Sozinho (3) Steven Lawson (12) Submissão (1) Suicídio (2) Televisão um Perigo (8) Temor (4) Tempo (5) Tentação (9) Teologia (2) Teologia da Prosperidade (4) Tesouro que foi achado (4) Tessalonicenses 1 (1) Testemunhos (29) Thomas Watson (17) Tim Conway (38) Timóteo (1) Todo homem pois seja pronto para ouvir tardio para falar tardio para se irar Tiago 1.19 (1) Trabalho (2) Tragédia Realengo Rio de Janeiro (2) Traição (4) Transformados (1) Trevas e Luz (2) Tribulação (10) Trindade (2) Tristeza (5) Trono branco (2) Tsunami no Japão (2) tudo (231) Uma Semente de Amor para Russia (1) Unção (3) Ungir com Óleo (1) Vaidade (3) Vaso (2) Velho (1) Verdade (30) Vergonha (3) Vestimentas (1) Vícios (6) Vida (39) Vincent Cheung (1) Vitória (5) Vontade (1) Votação (1) Yoga (1)

Comentários:

Mensagem do Dia

O homem, cujo tesouro é o Senhor, tem todas as coisas concentradas nEle. Outros tesouros comuns talvez lhe sejam negados, mas mesmo que lhe seja permitido desfrutar deles, o usufruto de tais coisas será tão diluído que nunca é necessário à sua felicidade. E se lhe acontecer de vê-los desaparecer, um por um, provavelmente não experimentará sensação de perda, pois conta com a fonte, com a origem de todas as coisas, em Deus, em quem encontra toda satisfação, todo prazer e todo deleite. Não se importa com a perda, já que, em realidade nada perdeu, e possui tudo em uma pessoa Deus de maneira pura, legítima e eterna. A.W.Tozer

"A conversão tira o cristão do mundo; a santificação tira o mundo do cristão." JOHN WESLEY"

Minha foto

Darliana+ Missões Cristãos em Defesa do Evangelho+✿Apenas uma alma que foi resgatada através da graça e misericórdia de Deus,Dai de graça o que de graça recebeste' (Mt. 10,8). Latim para estar em consonância com as cinco teses que dão sustentação ao “pensamento”e à vida do genuíno cristão reformado: sola scriptura,sola gratia, sola fide,solus christus, soli deo gloria. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8 : 32) "Um cristão verdadeiro é uma pessoa estranha em todos os sentidos." Ele sente um amor supremo por alguém que ele nunca viu; conversa familiarmente todos os dias com alguém que não pode ver; espera ir para o céu pelos méritos de outro; esvazia-se para que possa estar cheio; admite estar errado para que possa ser declarado certo; desce para que possa ir para o alto; é mais forte quando ele é mais fraco; é mais rico quando é mais pobre; mais feliz quando se sente o pior. Ele morre para que possa viver; renuncia para que possa ter; doa para que possa manter; vê o invisível, ouve o inaudível e conhece o que excede todo o entendimento." A.W.Tozer✿

Postagens Populares

Bíblia OnLine - Leitura e Audio

Bíblia OnLine - Leitura e Audio
Alimentar-se da Palavra "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." (Hebreus 4 : 12).Erram por não conhecer as Escrituras, e nem o poder de Deus (Mateus 22.29)Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo. Apocalipse 1:3

Feed: Receba Atualizações Via Email

Coloque o seu endereço de email e receba atualizações e conteúdos exclusivos:

Cadastre seu E-mail.Obs.: Lembre-se de clicar no link de confirmação enviado ao seu e-mail.